Abrir menu principal

Alterações

1 byte removido, 21h11min de 13 de setembro de 2015
Ajuste da unidade de medida da velocidade do satélite
{{Em tradução|data=Novembro de 2012}}
[[Imagem:Orbits around earth scale diagram.svg|thumb|direita|250px|Várias órbitas terrestres em escala; o círculo mais interno (em [[Ciano|ciano]]), bem próximo a superfície da Terra, representa a "LEO".]]
Uma '''órbita terrestre baixa''' (LEO), do [[língua inglesa|inglês]] ''Low Earth Orbit'') é uma [[órbita]] em que os objectos, como [[Satélite artificial|satélites]], se encontram abaixo de 2000&nbsp;km.<ref name="FAIABA"/> Esta região se situa abaixo da [[Órbita terrestre média|órbita terrestre média]] (MEO) e substancialmente abaixo da [[Geoestacionária|órbita geostacionária]], mas geralmente entre 350 e os 1400&nbsp;km acima da superfície da [[Terra]]. As órbitas inferiores a esta não são estáveis, e serão alvo de [[arrastamento atmosférico]]. Os satélites numa LEO viajam a cerca de 27 400&nbsp;kmm/h (8&nbsp;km/s), o que representa uma revolução de cerca de 90 minutos.<ref name="FAIABA"/>
 
Os objectos em órbita terrestre baixa encontram gases atmosféricos na [[termosfera]] (aproximadamente 80–500&nbsp;km acima da superfície) ou [[exosfera]] (aproximadamente 500&nbsp;km acima), dependendo do comprimento da órbita.
Utilizador anónimo