Abrir menu principal

Alterações

1 byte adicionado, 23h39min de 6 de novembro de 2015
== Nascimento e infância de Zaratustra ==
[[Ficheiro:Stamps of Tajikistan, 002-02.jpg|miniaturadaimagem|zoroastro em selo postal do [[Tadjiquistão]].]]
Há muito tempo, nas estepes a perder de vista da [[Ásia Central]], perto do [[Mar de Aral]], havia uma pequena vila de casas de [[adobe]], onde vivia a família Spitama. Um dia, no sexto dia da primavera, um menino nasceu naquela família. A sua mãe e seu pai decidiram dar-lhe o nome de Zaratustra. Ao nascer, Zaratustra não chorou, pelo contrário, riu sonoramente. As parteiras, vendo aquilo, admiraram-se, pois nunca tinham visto um bebê rir ao nascer.
 
Na vila havia um sacerdote que percebeu que aquele menino viria a ser um revolucionário do pensamento humano e o que enfraqueceria o poder dos "donos" das [[Religião|religiões]]. Ele então decidiu tomar providências e procurou Pourushaspa, o pai de Zaratustra, com a seguinte conversa: "Pourushaspa Spitama, vim avisar-lhe. Seu filho é um mau sinal para a nossa vila porque riu ao nascer, ele tem um demônio. Mate-o ou os deuses destruirão seus cavalos e plantações. Onde já se viu rir ao nascer nesse mundo triste e escuro! Os deuses estão furiosos!".
3 555

edições