Diferenças entre edições de "Direito constitucional"

215 bytes removidos ,  19h57min de 28 de janeiro de 2016
m
Foram revertidas as edições de 187.181.154.195 para a última revisão de 177.152.45.126, de 19h19min de 22 de dezembro de 2015 (UTC)
(mais conhecimento)
m (Foram revertidas as edições de 187.181.154.195 para a última revisão de 177.152.45.126, de 19h19min de 22 de dezembro de 2015 (UTC))
 
== História ==
segue o link de página com diversos conteúdos jurídicos e com vasto conhecimento para os operadores do direito!!
 
'''<nowiki>https://www.facebook.com/Jurista-em-constru%C3%A7%C3%A3o-628435433961983/</nowiki>'''
 
Para [[Ferdinand Lassalle]] no livro ''"O que é uma Constituição Política''", argumenta que desde tempos antigos os países tinham constituições não escritas "''todos os países possuem, possuíram sempre, em todos os momentos de sua história, uma constituição real e ''verdadeira''. A diferença é que agora se verifica - e isto deve ser realçado porque tem muita importância - não são as Constituições reais e efetivas, mas sim as Constituições escritas nas folhas de papel''"<ref>LASSALLE, Ferdinand. O que é uma Constituição Política. Rio de Janeiro; Editora Global, 1987. ISBN 85-260-0151-5</ref>. O constitucionalismo, teoria que deu ensejo à elaboração do que é formalmente chamado de Constituição, surgiu a partir das teorias [[iluministas]] e do pensamento que também deu base à [[Revolução Francesa]] de 1789.