Diferenças entre edições de "Lisboa"

130 bytes adicionados ,  03h30min de 18 de fevereiro de 2016
sem resumo de edição
O estatuto administrativo da cidade foi originalmente concedido pelo ditador [[Júlio César]] enquanto [[município romano]]. O [[imperador]] acrescentou orgulhosamente à palavra “Olisipo”, que deu origem ao nome de Lisboa, a designação "[[Felicidade Júlia]]" (''Felicitas Julia''), em sua memória. Eram [[berberes]] os autóctones lisboetas, nómadas radicados à beira-Tejo, de alma africana, povo detentor de uma cultura profundamente enraizada, em terras de dois continentes, já no fim do {{séc|V}}. Pouco depois do início do {{séc|XII}}, em 1147, os [[cruzados]] que ajudam [[Afonso Henriques]] na [[Reconquista]] tomam a cidade.
 
Lisboa é a mais antiga cidade do mundo, predecessora em séculos de modernas capitais europeias como [[Londres]], [[Paris]] e [[Roma]]. É considerada como [[cidade global]] devido à sua importância em aspectos financeiros, comerciais, mediáticos, artísticos, educacionais e turísticos.<ref name=GAWC>{{Citar web|url=http://www.lboro.ac.uk/gawc/world2010t.html|título=The World According to GaWC 2010 |publicado=Globalization and World Cities Study Group and Network, [[Loughborough University]] |acessodata=3 de março de 2009}}</ref><ref>{{Citar web|url=http://www.lboro.ac.uk/gawc/citylist.html |título=Inventory of World Cities |publicado=Globalization and World Cities (GaWC) Study Group and Network |acessodata=27 de outubro de 2013}}</ref> É um dos principais centros económicos do continente europeu, graças a um progresso financeiro crescente favorecido pelo maior porto de [[contentor]]es da costa atlântica da Europa<ref>[http://www.garraioak.ejgv.euskadi.net/r41-430/es/contenidos/informacion/2935/es_4078/adjuntos/7_avanceplan.pdf "Avance del Plan Territorial Sectorial de la Red Intermodal y Logística del Transporte de la Comunidad Autónoma del País Vasco"] – Eusko Jaurlaritza – Gobierno Vasco. Acessado em 27 de outubro de 2013</ref> e mais recentemente pelo [[Aeroporto da Portela]], que recebe mais de 20 milhões de passageiros anualmente (2015). Lisboa conta com uma [[Plano Rodoviário Nacional|rede de auto-estradas]] e um sistema de [[Comboio de alta velocidade|ferrovias de alta velocidade]] ([[Alfa Pendular (CP)|Alfa Pendular]]), que liga as principais cidades portuguesas à capital.<ref>{{Citar web|url=http://www.rave.pt/tabid/233/Default.aspx |título=Alta Velocidade em Síntese |publicado=Rave.pt |acessodata=27 de outubro de 2013}}</ref> A cidade é a sétima mais visitada do [[sul da Europa]], depois de [[Istambul]], [[Roma]], [[Barcelona]], [[Madrid]], [[Atenas]] e [[Milão]], com {{formatnum:1740000}} de turistas em 2009, tendo em 2014 ultrapassado a marca dos 3,35 milhões. A nível global, Lisboa foi a 35.ª cidade com maior destino turístico em 2015, cerca de 4 milhões de visitantes. <ref>{{Citar web|título = Lisboa é a 15ª cidade mais visitada da Europa. Londres continua a liderar a lista|URL = http://www.jornaldenegocios.pt/empresas/turismo___lazer/detalhe/lisboa_e_a_15_cidade_mais_visitada_da_europa_londres_mais_uma_vez_lidera_a_lista.html|obra = www.jornaldenegocios.pt|acessadoem = 2016-02-01}}</ref><ref name="Caroline Bremner">{{Citar web|url = http://blog.euromonitor.com/2015/01/top-100-city-destinations-ranking.html|título = Euromonitor International's Top City Destination Ranking|publicado = [[Euromonitor International]]|primeiro = Caroline|último = Bremner|data = 10 de janeiro de 2011|acessodata = 27 de outubro de 2013}}</ref> Em 2015, foi considerada a 11.ª cidade turística mais popular, à frente de [[Madrid]], [[Rio de Janeiro]], [[Berlim]] e [[Barcelona]]. <ref>{{Citar web|título = Lisboa é a 11ª cidade turística mais popular do mundo|URL = http://economico.sapo.pt/noticias/lisboa-e-a-11-cidade-turistica-mais-popular-do-mundo_229778.html|obra = Económico|acessadoem = 2016-02-01}}</ref>
 
A [[região de Lisboa]] é a mais rica do país, com um [[PIB]] [[Paridade do poder de compra|PPC]] ''[[per capita]]'' de {{formatnum:26100}} [[euros]] (4,7% maior do que o PIB per capita médio da União Europeia). A sua área metropolitana é a vigésima mais rica do continente, com um PIB-PPC no valor de 58 mil milhões de euros, o que equivale a cerca de 35% do PIB-PPC total do país.<ref name="pricewater">{{Citar web|url=https://www.ukmediacentre.pwc.com/Content/Detail.asp?ReleaseID=3421&NewsAreaID=2|título=Global city GDP rankings 2008–2025|publicado=Pricewaterhouse Coopers|acessodata=27 de outubro de 2013}}</ref> Lisboa ocupa o 122.º lugar entre as cidades com maiores receitas brutas do mundo.<ref>[http://www.citymayors.com/economics/richest_cities.html "Ranking: The richest cities in the world"] – City Mayors.com</ref> A maioria das sedes das [[multinacionais]] instaladas em Portugal encontram-se na região de Lisboa, a nona cidade do mundo com maior número de conferências internacionais.<ref>[http://www.agencialusa.com.br/index.php?iden=7832 "Lisboa é 9ª cidade que mais recebe congressos internacionais"] – Agência LUSA. Acessado em 27 de outubro de 2013.</ref>
53

edições