Abrir menu principal

Alterações

2 bytes removidos, 22h47min de 8 de março de 2016
sem resumo de edição
A maioria dos Estados federativos também possui níveis inferiores de governo. Assim, enquanto os [[Estados Unidos da América]] são uma federação, a maioria (se não todos) os seus [[Estado (subdivisão)|estados]] são entes unitários, com [[condado]]s e outros [[município]]s tendo a sua autoridade devolvida pelas constituições e leis estaduais.
 
A maioria dos países do mundo é formada por Estados unitários, principalmente porque muitos deles não possuem uma vasta extensão territorial que justifique uma separação de poderes nas suas divisões internas. Já muitos dos Estados não unitários do mundo possuem grandes extensões territoriais, particularmente a [[Rússia]], o [[Canadá]], os [[Estados Unidos da América]], o [[Brasil]], a [[Índia]] e a [[Austrália]]. Isto não implica que a grande extensão territorial resulte invariavelmente num governo não unitário; a [[República Popular da China|China]], por exemplo, devido a sua história política e sócio-culturalsociocultural, não viu espaço para criar um governo não unitário, embora alguns economistas afirmem que a atual situação política e económica da China continental constitui uma forma única de [[federalismo chinês]]. Outros exemplos são o da [[Bélgica]] e o da [[Suíça]], que apesar de possuírem territórios pequenos desenvolveram um sistema federativo complexo.
 
== Exemplos notáveis ==