Diferenças entre edições de "Frequência de ressonância"

62 bytes removidos ,  04h29min de 23 de março de 2016
sem resumo de edição
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
== Aplicação em circuitos ==
O comportamento dos [[Circuito LC|circuitos LC]] e [[Circuito RLC|circuitos RLC]] são fundamentalmente relacionados à frequência de ressonância. O circuito LC, composto por um [[indutor]] (L) e um [[capacitor]] (C), é um modelo idealizado, visto que não assume a dissipação de energia devido à [[Resistência elétrica|resistência]] elétrica ([[Lei de Joule|efeito Joule]]). Ao incorporar a resistência (R) obtemos um circuito RLC. Na frequência natural deste circuito, a [[Impedância elétrica|impedância]] indutiva torna-se igual ao valor, em módulo, da impedância capacitiva. Por possuírem sinais opostos cancelam-se, elogo a impedância do circuito será puramente resistiva. Seja nos circuitos em série ou em paralelo. Em outras palavras, X<sub>L</sub> = X<sub>C</sub>. Tanto em circuitos em série como em paralelos. Isso implica que o circuito está usando toda energia fornecida ao seu favor, sem utilizar da potência para alimentar os indutores e capacitores, por isso sua importância.
 
=== Circuitos ressonantes em série ===
Os circuitos ressonantes em série apresentam oposição mínima à frequência de ressonância, ou seja, ela atravessa com facilidade,. enquanto,Enquanto à medida que a frequência distancia-se da frequência natural, a oposição aumenta.
 
=== Circuitos ressonantes em paralelo ===
Os circuitos ressonantes em paralelo são o exato oposto dos circuitos ressonantes em série, pois oferecem o máximo de oposição à frequência de ressonância, ou seja, atravessam com dificuldade, e, mínima a todas as outras frequências que sejam diferentes da frequência de ressonância.
 
=== Descrição matemática ===
11

edições