Grand Moff Tarkin: diferenças entre revisões

4 bytes adicionados ,  12 de maio de 2016
m
(Novo artigo.)
 
Na série de televisão ''[[Star Wars: The Clone Wars (série de televisão)|Star Wars: The Clone Wars]]'', o jovem Tarkin aparece como capitão da Marinha da [[República Galáctica]], e mais tarde como almirante durante as Guerras Clônicas.<ref>{{citar web |url=http://www.ew.com/article/2011/02/17/star-wars-clone-wars-grand-moff-tarkin-exclusive-video |título='Star Wars: The Clone Wars': Grand Moff Tarkin makes his debut! |publicado=Entertainment Weekly |data=17 de fevereiro de 2011 |acessodata=12 de maio de 2016 |lingua2=en}}</ref>
 
Na terceira temporada, o capitão Tarkin e o mestre jedi Even Piell são emboscados e atacados por forças separatistas. Prisioneiros na Cidadela, Tarkin e Piell são libertados por uma equipe de resgate. Inicialmente pessimista sobre o território inimigo, Tarkin posiciona-se contra o cavaleiro jedi Anakin Skywalker, mas a opinião de ambos vai mudando quando eles descobrem que ambos são observados pelo Supremo Chanceler Palpatine. Durante um conflito, Tarkin luta e tenta executar Osi Sobeck, mas falha quando o guardião da Cidadela reage e quase o mata; Tarkin é resgatado no último momento pela padawan [[Ahsoka Tano]].
 
Na quinta temporada, o almirante Tarkin suspeita que Ahsoka assassinou Letta Turmond durante um ataque terrorista, e tenta prender Ahsoka. Após sua prisão e julgamento por um júri de senadores, Tarkin lidera a acusação enquanto [[Padmé Amidala]] lidera a defesa. Apesar da excelente defesa feita por Padmé, Tarkin levanta a dúvida de Ahsoka foi vista com a jedi do lado negro Asajj Ventress. Quando o Supremo Chanceler está prestes a ler o veredito, Anakin Skywalker aparece com Bariss Offee, o real mentor do ataque.