Diferenças entre edições de "Arquitetura de computadores"

3 bytes removidos ,  13h25min de 21 de junho de 2016
Correções gramaticais
(Correção gramatical)
(Correções gramaticais)
 
Existem vários modos de uso do termo, que podem se referir a:
* O desenho da arquitetura da [[CPU]] do computador, o seu [[conjunto de instruções]], "addressing modes"<!-- tradução por favor--> e técnicas, tais como [[Computação paralela|paralelismo]] [[SIMD]] e [[MIMD]].
* Termotermo também utilizado com significado análogo, ou semelhante, a [[Arquitetura de microprocessadores]] ([[RISC]] x [[CISC]]).
* Arquiteturasarquiteturas de [[hardware]] mais generalizadas, tais como computação em [[cluster]] e arquiteturas NUMA (acesso não-uniforme à memória).
* A utilização menos formal do termo, referereferindo-se a uma descrição dos requisitos (especialmente requisitos de velocidades e interligação) ou implementação do design para as várias partes de um computador, tais como [[memória]], [[placa-mãe]], [[Periférico|periféricos eletrônicos]] ou, mais frequentemente, [[Unidade Central de Processamento|CPU]].
* A arquitetura é frequentemente definida como o conjunto de atributos da máquina que um programador deve compreender para que consiga programar o computador específico com sucesso, ou seja, para que consiga compreender o que o programa irá fazer aquandoquando da sua execução. Por exemplo, parte da arquitetura são as instruções e o raio de operadores manipulados por elas. De uma maneira semelhante, a frequência em que o sistema opera não é incluída na arquitetura. Esta definição revela as duas principais considerações dos arquitetos de computadores: (1)desenhar hardware que se comporta como o programador pensa que se irá comportar, (2)utilizar implementações existentes de tecnologias (por exemplo, [[semicondutor]]es) para construir o melhor computador possível. A 2ª consideração é frequentemente referida como a [[microarquitetura]].<ref>http://cpushack.net/CPU/cpu7.html</ref>
 
==História==
10

edições