Diferenças entre edições de "Alice Portugal"

1 300 bytes adicionados ,  23h41min de 15 de agosto de 2016
m
Atualizei a biografia da candidata a prefeitura de Salvador
m (Foram revertidas as edições de 200.219.133.150 para a última revisão de PedR, de 12h47min de 9 de agosto de 2016 (UTC))
m (Atualizei a biografia da candidata a prefeitura de Salvador)
{{Parcial}}
{{Info/Político
|nome =Alice Portugal
|imagem =Alice Portugal.jpg
|imagem_tamanho =210px
|imagem_legenda =
|nome =Alice Portugal
|título =[[Deputada federal]] pela {{BR-BA}}
|mandato =[[1 de fevereiro]] de [[2003]]<br />até ''atualidade'' <br />(34 mandatos consecutivos)
|título2 =[[Deputada Estadual]] da {{BR-BA}}
|mandato2 =[[1995]] a [[2003]]<br />(2 mandatos consecutivos)
|data_nascimento ={{dni|16|5|1959|lang=br}}
|local_nascimento=[[Salvador (Bahia)|Salvador]], ([[Bahia|BA]])
|conjuge-tipo =
|conjuge =
|data_morte =
|local_nascimento=[[Salvador (Bahia)|Salvador]], ([[Bahia|BA]])
|local_morte =
|conjuge =
|partido =[[Partido Comunista do Brasil|PCdoB]]
|profissão =[[farmacêutico|Farmacêutica]]
|conjuge-tipo =
|título =[[Deputada federal]] pela {{BR-BA}}
|mandato =[[1 de fevereiro]] de [[2003]]<br />até ''atualidade'' <br />(3 mandatos consecutivos)
|título2 =[[Deputada Estadual]] da {{BR-BA}}
|mandato2 =[[1995]] a [[2003]]<br />(2 mandatos consecutivos)
| projecto = Brasil
}}
'''Alice Mazzuco Portugal''' ([[Salvador (Bahia)|Salvador]], [[16 de maio]] de [[1959]]) é uma [[química industrial]], [[farmacêutico|farmacêutica]] [[bioquímica]] e [[política]] [[brasil]]eira.
 
É graduada em [[Farmácia-bioquímica]] pela [[Universidade Federal da Bahia]] em 1981.<ref>[http://www2.camara.gov.br/deputados/pesquisa/layouts_deputados_biografia?pk=107809 Câmara dos Deputados do Brasil]</ref> Sempre filiada ao [[Partido Comunista do Brasil|PCdoB]], foi [[deputada estadual]] da [[Bahia]] de [[1995]] a [[2003]], quando foi eleita para a [[Câmara de Deputados do Brasil|Câmara Federal]], tendo sido reeleita em 2006, 2010 e 20102014.
 
Natural de Salvador (BA), Alice Portugal tem um histórico de militância política que começou na luta contra oa regimeditadura autoritáriomilitar, no seio do movimento estudantil. Em 1979, filiou-se ao Partido Comunista do Brasil (PCdoB).
 
Nos anos 70, integrou a direção do DCE-UFBA e participou ativamente da reconstrução da UNE em 1979.
 
Nos anos 80 e 90, Alice Portugal se consolidou como uma dirigente sindical competente e autêntica. Foi presidente por três mandatos do Sindicato dos Trabalhadores Técnico-Administrativos da UFBA – ASSUFBA, membro da Federação dos Sindicatos Trabalhadores Técnico-administrativos em Instituições Públicas de Ensino Superior do Brasil - FASUBRA.
 
Participou da Unidade Sindical, fórum que rearticulou o movimento sindical baiano. Fez parte de duas direções da CUT-Ba. Participou da criação da Corrente Sindical Classista, que veio a ser o embrião da atual CTB- Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil.
 
Traduziu com luta sua indignação à política neoliberal de Collor e FHC. Dirigiu greves por direitos, em defesa da Universidade pública e gratuita, denunciou as privatizações das estatais brasileiras e o desmonte do estado nacional.
 
Em 1995, foi eleita deputada estadual pelo PCdoB, para o período de 1995 a 1998. Recebeu, neste período, todos os troféus conferidos pelo Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa da Bahia aos parlamentares que se destacaram. Foi galhardeada com o Troféu Ruy Barbosa como “Melhor Parlamentar da Legislatura”. Reeleita para o parlamento baiano para o período de 1999 a 2002, a deputada destacou-se como Líder do Bloco da Oposição, mais uma vez premiada pelo Comitê de Imprensa nos anos de 1999 e 2000. Foi titular da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia, com atuação destacada em defesa da escola pública e dos profissionais do ensino. Participou durante os dois mandatos de diversas comissões temáticas como a presidência da Comissão Especial de Defesa dos Direitos da Mulher, por dois anos consecutivos, realizando neste período o I e II “Encontro sobre Mulher e Política na Bahia”.
Em 3 de novembro de 2015, esteve presente na posse do marido na Funasa-BA.<ref>http://www.funasa.gov.br/site/superintendencia-estadual-da-funasa-na-bahia-tem-novo-superintendente/ </ref>Sobre a indicação de uma pessoa sem qualificação, a deputada afirmou não entender o problema, pois o salário do cargo em sua opinião é pequeno.<ref>http://www.portalbrumado.com.br/dilma-nomeia-nomes-sem-qualificacao-para-cargos-federais-na-bahia</ref>
 
Atualmente, exerce seu quarto mandato na Câmara dos Deputados e destaca-se no Congresso Nacional como uma das mais influentes parlamentares. Pela sétima vez consecutiva, foi apontada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap) na lista dos "Cem Cabeças do Congresso Nacional", seleto grupo de formadores de opinião do Brasil. A honraria se justifica por seus atributos de debatedora contundente e elaboradora ágil, dona de uma oratória privilegiada, que influencia os seus pares no Parlamento, fato comprovado nos painéis da Câmara. {{referências}}
Atualmente (2016) integra pela sétima vez consecutiva a lista dos "Cabeças" do Congresso do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP), um grupo dos 100 parlamentares mais influentes do Congresso Nacional. {{sem fontes}}
 
 
{{referências}}
 
=={{Ligações externas}}==