Abrir menu principal

Alterações

72 bytes removidos ,  02h15min de 5 de janeiro de 2017
ajustes; adicionado predefinição
{{ver desambiguação}}
{{Série Gerações}}
'''Geração X''' é uma expressão que se refere à [[geração]] nascida após o ''[[baby boom|baby boom]]'' pós-[[Segunda Guerra Mundial]].<ref name="autogenerated1">{{cite news| url=http://www.time.com/time/arts/article/0,8599,1731528,00.html | work=Time | title=Gen-X: The Ignored Generation? | date=2008-04-16 | accessdate=2010-05-03 | first=M.J. | last=Stephey}}</ref> Embora não haja acordo em relação ao período que a expressão abrange,<ref name="Encyclopedia of Identity">[http://books.google.com/books?id=C2WmSCOBR2IC&pg=PA307&dq=%22Generation+X%22+%22baby+bust%22&hl=en&ei=1COvTNWNIsSclgfgjMHnDw&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=2&ved=0CDEQ6AEwAQ#v=onepage&q=%22Generation%20X%22%20%22baby%20bust%22&f=false Encyclopedia of Identity] By Ronald L. Jackson, II</ref> ela, geralmente, inclui as pessoas nascidas a partir do início dos [[Década de 1960|anos 1960]] até o final dos [[Década de 1970|anos 1970]], podendo alcançar o início dos [[Década de 1980|anos 1980]], sem contudo ultrapassar [[1981]].<ref name="r5">Strauss, William & Howe, Neil. ''Generations: The History of America's Future, 1584 to 2069''. Perennial, 1992 (Reprint). ISBN 0-688-11912-3 p. 324</ref><ref>.
*'''Geração X''' é uma expressão que se refere à [[geração]] nascida após o ''[[baby boom|baby boom]]'' pós-[[Segunda Guerra Mundial]].<ref name="autogenerated1">{{cite news| url=http://www.time.com/time/arts/article/0,8599,1731528,00.html | work=Time | title=Gen-X: The Ignored Generation? | date=2008-04-16 | accessdate=2010-05-03 | first=M.J. | last=Stephey}}</ref> Embora não haja acordo em relação ao período que a expressão abrange,<ref name="Encyclopedia of Identity">[http://books.google.com/books?id=C2WmSCOBR2IC&pg=PA307&dq=%22Generation+X%22+%22baby+bust%22&hl=en&ei=1COvTNWNIsSclgfgjMHnDw&sa=X&oi=book_result&ct=result&resnum=2&ved=0CDEQ6AEwAQ#v=onepage&q=%22Generation%20X%22%20%22baby%20bust%22&f=false Encyclopedia of Identity] By Ronald L. Jackson, II</ref> ela, geralmente, inclui as pessoas nascidas a partir do início dos [[Década de 1960|anos 1960]] até o final dos [[Década de 1970|anos 1970]], podendo alcançar o início dos [[Década de 1980|anos 1980]], sem contudo ultrapassar [[1981]].<ref name="r5">Strauss, William & Howe, Neil. ''Generations: The History of America's Future, 1584 to 2069''. Perennial, 1992 (Reprint). ISBN 0-688-11912-3 p. 324</ref><ref>{{cite news |url=http://www.washingtonpost.com/wp-dyn/content/article/2008/02/29/AR2008022903658_pf.html |title=Non-Toxic Tots |last=Shin |first=Annys |date=2008-01-03 |publisher=[[Washington Post]] |accessdate=2010-09-28 }}</ref><ref name=CarlsonCarlson1>{{Cite book| last=Carlson | first=Elwood | title=The Lucky Few: Between the Greatest Generation and the Baby Boom | date= 2008-06-30| publisher=Springer | location= | isbn=978-1-4020-8540-6 | url=http://books.google.com/books?id=zUJgaHde6YUC&lpg=PP1&pg=PT45&hl=en#v=onepage&q&f=false}}</ref>. Como Fran Kick explica, não existe uma linha rígida a separar 31 de dezembro de um ano de 1 de janeiro do ano seguinte. Frequentemente, a mudança entre gerações ocorre ao longo de 3 a 5 anos, talvez mais, dependendo de para quem se pergunta.<ref name=CarlsonCarlson2>{{Cite book| last=Carlson | first=Elwood | title=The Lucky Few: Between the Greatest Generation and the Baby Boom | date= 2008-06-30| publisher=Springer | location= | isbn=978-1-4020-8540-6 | page=29 | url=http://books.google.com/?id=zUJgaHde6YUC&lpg=PP1&pg=PT45#v=onepage}}</ref><ref>{{cite book |title=What makes kids kick:inspiring the millennial generation to kick it |last= Kick |first=Fran |publisher=Instruction & Design Concepts |year=2005 |url=http://books.google.be/books?id=FC2YMewhvdoC&pg=PA33#v=onepage&q&f=false |pages=33 }}</ref>
 
Alternativamente, o termo também foi usado em diversos tempos e lugares para referir-se a várias [[subcultura]]s e [[contracultura]]s diferentes desde [[1950]].<ref name=Ulrich>{{cite book |url=http://books.google.com/books?id=v10ZUR_Ca3EC&lpg=PA3&pg=PA3#v=onepage&q&f=false |title=GenXegesis: essays on alternative youth |chapter=Introduction: A (Sub)cultural Genealogy |author=Ulrich, John |editor=Andrea L. Harris |pages=3}}</ref>
[[File:PearlJam-Vedder-9-14-06.jpg|thumb|250px|[[Eddie Vedder]], [[vocalista]] da banda [[Pearl Jam]] nascido em [[1964]], faz parte da Geração X]]
 
== História da Geração X ==
A expressão "Geração X" foi inventada pelo [[fotógrafo]] da [[Agência Magnum]], [[Robert Capa]], em 1950. Ele iria usá-la mais tarde como título de um ensaio fotográfico sobre homens e mulheres jovens que cresceram imediatamente após a [[Segunda Guerra Mundial]]. O projeto emergiu em [[1953]] na [[revista]] britânica "Picture Post" e na estadunidense "Holiday". Descrevendo a sua intenção, Capa disse:
 
{{quote2|Nós nomeamos esta geração desconhecida como Geração X e, mesmo em nosso primeiro entusiasmo, percebemos que tínhamos algo muito maior do que os nossos talentos e bolsos poderiam lidar com".<ref>[http://books.google.com/books?id=v10ZUR_Ca3EC&pg=PA32&dq=generation+x+holiday&cd=1#v=onepage&q=generation%20x%20holiday&f=false GenXegesis: essays on alternative youth (sub)culture By John McAllister Ulrich, Andrea L. Harris] p. 5.</ref>}}
 
O escritor [[John Ulrich]] explica:
 
[[FileImagem:PearlJam-Vedder-9-14-06.jpg|thumb|250px200px|[[Eddie Vedder]], [[vocalista]] da banda [[Pearl Jam]] nascido em [[1964]], faz parte da Geração X.]]
 
{{quote2|Desde então, 'Geração X' sempre significou um grupo de jovens, aparentemente sem identidade, a enfrentar um incerto, mal definido, talvez hostil, futuro. Aparições posteriores do termo, em meados dos anos 1960 e meados de 1970, mudaram sua abrangência de geração global, atribuída por Capa, para conjuntos específicos de subculturas da juventude britânica, constituídos principalmente de homens [[brancos]] da classe [[trabalhador]]a, desde os ''[[mod]]s'' e seus rivais ''[[Rocker (motoqueiros)|rockers]]'' até a subcultura ''minecraft'', mais abertamente contestadora.<ref name="Ulrich"/>}}
 
O termo somente viria a ser popularizado pelo [[romance]] "Geração X: contos para uma cultura acelerada" ([[1991]]), do autor canadense [[Douglas Coupland]], sobre os jovens do final dos [[Década de 1980|anos 1980]] e seu [[estilo de vida]]. Um artigo da revista 1989,<ref>Coupland, Doug. "[http://joeclark.org/dossiers/GenerationX.pdf Generation X]." ''Vista'', 1989.</ref> erroneamente, atribuiu a origem da expressão "Geração X" ao [[músico]] inglês [[Billy Idol]]. Na verdade, Idol havia sido membro da banda ''[[punk]]'' [[Generation X (banda)|Generation X]] de 1976 a 1981. O nome da banda havia sido criado baseado no título do livro de Deverson e Hamblett, uma cópia do qual havia sido adquirida pela mãe de Idol.<ref>[http://punk77.co.uk/groups/generationx.htm Generation X - A Punk History with Pictures]</ref>
 
Nos Estados Unidos, ''Generation X'' originalmente referia-se à "''baby bust''" ("quebra, falência de bebês"), geração assim nomeada por causa da queda da [[taxa de natalidade]] após o ''[[baby boom]]'' ("explosão de bebês") do pós-[[Segunda Guerra Mundial]].<ref name="Encyclopedia of Identity"/>
{{Referências}}
 
==Veja Ver também ==
* ''[[Slacker generation]]''
* [[Criança índigo]]
* [[Geração Y]]
* [[Geração Z]]
* [[Baby boomers]]
* [[Internetês]]
* [[Neologismo]]
 
{{Referências|col=2}}
==Linha do tempo==
 
{{Começa caixa}}
{{Caixa de sucessão
}}
{{Termina caixa}}
 
 
{{DEFAULTSORT:Geracao X}}
2 451

edições