Diferenças entre edições de "Courtney Love"

66 bytes adicionados ,  18h18min de 20 de janeiro de 2017
 
== Primórdios ==
Love nasceu em São Francisco, Califórnia, e é filha da psicoterapeuta Linda Carroll e de Hank Harrison, um escritor e antigo empresário da banda [[Grateful Dead]].<ref name="vh1">{{citar episódio |rede=Vh1 |data=21 de junho de 2010 |título=Courtney Love |série=Behind the Music |url=http://www.vh1.com/video/behind-the-music/full-episodes/courtney-love/1642087/playlist.jhtml}}</ref> Ela tem ascendência cubana, galesa, irlandesa, alemã e inglesa. Seus pais se separaram em 1969, e sua mãe obteve a custódia após acusar Harrison de ter dado LSD a filha.<ref name="vh1" /><ref>{{citar livro |url= http://books.google.co.uk/books?id=uQ2I9cpJWYIC&pg=PA188#v=onepage&q&f=false |título=Sexual Trauma: A Challenge Not Insanity |primeiro=K Elan |ultimo= Jung |página=188–189 |editora=The Hudson Press |isbn= |ano=2010 |acessodata=30 de outubro de 2011}}</ref> Sua mãe mudou-se com a família para Marcola, Oregon, onde viveram em uma comunidade hippie.<ref name="vh1" /><ref name="poppy" /><ref name=poppy /><ref>{{citar livro |titulo=Courtney Love: The Real Story |língua=inglês |edição= |local= |autor=Brite, Poppy Z. |ano= |editora=Simon & Schuster |isbn=978-0684848006 |página=25 |notas=Most of the other children shied away from her, and she from them. She was diagnosed by one of her therapists as mildly autistic. To Linda, Courtney seemed to be in pain most of the time: hating to be touched, seething with silent rages, withdrawing into a world where no one else could go.}}</ref> Love enfrentava problemas na escola e foi diagnosticada como levemente autista. Através de outros casamentos, a mãe de Love deu à luz duas outras filhas e adotou um filho, e mais tarde mais dois meninos, tendo um deles morrido quando Love tinha 10 anos.<ref>{{citar livro |titulo=Her Mother's Daughter |páginas= |língua=inglês |edição= |local= |autor=Carroll, Linda |editora=Doubleday |isbn= |ano=2005}}</ref> [[Imagem:Courtney Love with siblings ca. 1974.jpg|right|thumb|Direita para esquerda: Love com seus irmãos Nicole, Joshua e Jaimee]]
 
Em 1972, a mãe de Love mudou-se com seu então marido para Nova Zelândia, mas Love foi enviada de volta para Oregon, onde viveu com seu antigo padrasto e amigos da família. Aos 14 anos, foi presa por roubar uma camiseta e foi enviada para o Centro Correcional de Hillcrest Youth.<ref name="etrue" /><ref name="hilldoc">{{citar livro |língua=inglês |edição= |local= |autor= |titulo=Dirty Blonde: The Diaries of Courtney Love |isbn= |ano= |editora=Simon & Schuster |página=29–31}}</ref> Ela passou os anos seguintes indo e voltando de lares adotivos antes de ser legalmente emancipada aos 16 anos. Ela se mudou para Portland, Oregon, e se sustentava financeiramente trabalhando ilegalmente como [[stripper]],<ref name="vh1"/><ref name="poppy" /><ref name="etrue" /><ref>{{citar web |url=http://www.marysclub.com/history.php |publicado=Marysclub.com |obra=Mary's Club |autor= |título=History |língua= |data= |acessodata=10 de março de 2011}}</ref> DJ e outros diversos trabalhos, e se matriculou em Portland State University, onde estudou inglês e filosofia.
Utilizador anónimo