Abrir menu principal

Alterações

116 bytes adicionados ,  14h54min de 28 de janeiro de 2017
sem resumo de edição
Estames ereto em broto, ou inflexo em broto (ou dobrado duas vezes), geralmente numerosos, desenvolvidos de dentro para fora da flor, livres a basalmente conados em 4 ou 5 fascículos. Anteras frequentemente providas de conectivo com uma cavidade apical secretora, são dorsifixadas; versátil; abre  através das fendas longitudinais, ou  através dos poros (raramente); bilocular (principalmente), ou unilocular (por  exemplo Corynanthera ); principalmente tetrasporangiada (mas trisporangiada em Corynanthera , e,  ocasionalmente, unisporangiada em Malleostemon ); Endotélio que desenvolvem com espessamentos fibrosos. Os grãos de pólen se abrem, colpado  (raramente), ou colporado (comumente), porado (às vezes sincolpado), mas geralmente tricolporados, com os sulcos fusionados; ­celulados (em 6 gêneros).
 
[[Gineceu ]] carpeado, sincárpico;, inferior (normalmente, mais  ou menos), ou parteparcialmente inferior (em diferentes graus, raramente 'quase superior ").
 
[[Ovário (botânica)|Ovário]] geralmente ínfero a semi-ínfero, com placentação axial ou menos frequentemente parietal, com placentas intrusivas (por exemplo Feijoana [[feijoa]]). Óvulos 2 a numerosos por lóculo, anátropos a campilótropos. Disco epiginoso presente, ou ausente. Tegumento externo contribuindo ou não para o micrópila[[micrópilo]]. Células antípodas formadas, ou não  formadas;, Quandomas formadoquando formadas não proliferante;proliferantes. Muito efêmeroefémero. [[Endosperma]] de formação nuclear.
;Frutos e sementes
Do tipo [[baga]], raramente cápsula. O [[embrião]] das [[semente]]s é muito utilizado para a classificação das Myrtaceae em tribos. Cápsulas septicidas, ou loculicidas, ou denticidas, oupor vezes circunscissíveis (tornando-­se então operculadas por  remoção do disco epiginoso). Sementes não-­endospérmicas, ; voadaaladas (por exemplo, em algunsalgumas espécies de ''[[Eucalyptus ]]''), ou sem  asas.  Embrião com cotilédones[[cotilédone]]s pequenos a grandes, às vezes conados, ou ambos dobrados ou retorcidos;. endosperma[[Endosperma]] escasso ou ausente.
 
;Tronco e madeira (anatomia axial)
 
Câmbio de cortiça presente; Inicialmente profundamente assentado, ou inicialmente superficial. Nodos  'tipicamente' unilacunarunilacunares. Tecidos vasculares primários em um cilindro, sem feixes separados; muito  comumente bicolateral . Floema interno normalmente presente . Espessamento secundário desenvolvido a partir  de um anel cambial convencional. Raios medulares primários de largura, ou misturados largos e estreitos. O anel de madeira  difusa porosa. Os vasos são pequenos (tipicamente), ou médios (menos frequentemente), ou  grandes (raramente); Solitárias ou radialmente emparelhadas, ou em múltiplos radiais, ou agrupados, ou em arcos  tangenciais (mas tipicamente exclusivamente solitários). O recipiente termina­ em paredes simples (geralmente), ou  scalariformeescalariforme. Os vasos com orifícios revestidos; Com espessamento espiral, ou sem espessamento espiral. O  xilema axial com traqueídeos, ou sem traqueídeos; Comumente com traqueides vasicentrico; Com traqueídeos de  fibras (usualmente), ou sem traqueídeos de fibras; Com fibras libriformes, ou sem fibras libriformes; incluindo  fibras septadas, ou sem fibras septadas. As fibras sem espessamento espiral. O parênquima apotraqueal, ou  paratraqueal, ou apotraqueal e paratraqueal. O floema secundário estratificados em zonas difíceis (fibrososfibroso) e  macios (parenquimatosos[[parenquimatoso]]) (geralmente), ou não estratificada (egpor exemplo em ''[[Darwinia]]'' ,Verticordiae ''[[Verticordia]]'').
 
;Tipo reprodutivo e polinização
**** ''[[Myrtus nivelii]]'' Batt. & Trab. — nativas da Norte de África.
*** ''[[Neomitranthes]]'' D.Legrand — as cerca de 15 espécies são nativas do Brasil.
*** ''[[Neomyrtus]]'' Burret — com apenas uma espécie:
**** ''[[Neomyrtus pedunculata]]'' (Hook.f.) Allan — nativas da Nova Zelândia.
*** ''[[Octamyrtus]]'' Diels — as cerca de seis espécies nativas da Nova Guiné e das [[Molucas]].
*** ''Pseudanamomis'' Kausel — com apenas uma espécie:
**** ''[[Pseudanamomis umbellulifera]]'' (Kunth) Kausel — nativas das [[Caraíbas]] a do norte da América do Sul.
*** ''[[GuavenPsidium]] (''Psidium'' L.) — as cerca de 100 a 150 espécies são nativas do [[Neotropis]], entre as quais:
**** ‘’''[[Psidium guajava]]'' L., — a [[goiabeira]].
*** ''[[Rhodamnia]]'' Jack — as cerca de 20 a 28 espécies nativas das regiões tropicais da Ásia, Austrália (13 espécies) e Nova Caledónia.
*** ''[[Rhodomyrtus]]'' (DC.) Rchb. — as cerca de 11 espécies são nativas da região que vai do sul da China até à Nova Caledónia e Austrália.