Diferenças entre edições de "Cinognato"

519 bytes adicionados ,  19h35min de 20 de fevereiro de 2017
ampliei o texto.
m (Foram revertidas as edições de 177.54.82.50 para a última revisão de 201.76.122.5, de 22h18min de 16 de dezembro de 2013 (UTC))
(ampliei o texto.)
}}
 
O '''cinognato''' (''Cynognathus crateronotus''), cujo nome significa "mandíbula de cão", foi um membro da classe [[Synapsida]] que engloba animais pré-históricos com características intermédias entre [[répteis]] e [[mamífero]]. É o único representante da família '''Cynognathidae''' e tem distribuição quase mundial. Este animal viveu no início do [[Triássico]] (por volta de 250 milhões de anos atrás). Tinha uma cauda larga, esqueleto leve e dentes caninos alongados e pontiagudos, característica típica dos [[Carnívoro|animais carnívoros]]. Há evidências de que este animal tenha tido bigodes (tal como os gatos), o que o aproxima dos mamíferos. Ele tinha mandíbulas capazes de quebrar ossos. O Cynognathus tinha uma cabeça relativamente grande quando comparada com o seu tamanho corporal, cerca de 30 cm de comprimento. Assim como outros ancestrais dos mamíferos, já possuía diferentes tipos de dentes, contudo os seus molares ainda eram moderadamente planos com bordas serrilhadas, tornando-os mais adaptados para o corte de carne ao invés de esmagamento. Poros finos e canais no seu focinho demonstram que o Cynognathus já tinha estruturas semelhantes a bigodes e talvez até uma camada densa de pêlo.
 
{{esboço-sinapsídeo}}
Utilizador anónimo