Diferenças entre edições de "Segmentação (memória)"

11 bytes adicionados ,  22h28min de 23 de fevereiro de 2017
m
Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes
m (Bot: A migrar 18 interwikis, agora providenciados por Wikidata em d:Q796829)
m (Bot: Substituição automática de afluentes - solicitado em Usuária:Aleth Bot/Substituição de afluentes)
Em [[sistema operacional|sistemas operacionais]], '''segmentação''' é uma das maneiras mais comuns para a [[proteção de memória]], sendo a [[memória paginada]] outro método bastante utilizado. Significa que parte da memória é removida do [[processo (informática)|processo]] sendo executado atualmente, através do uso de [[registrador]]es. Se o dado prestes a ser lido ou escrito está fora do espaço de endereços do processo, uma [[falha de segmentação]] é lançada.
 
Qualquer [[programa de computador]] está dividido em secções, como as declarações de [[Variável (programação)|variáveis]] e declarações de [[subrotinaSub-rotina|subrotinas]]s, sobretudo se ele foi escrito numa [[Linguagem de programação de alto nível|linguagem de alto nível]]. Em termos de [[tempo de execução|execução]], cada uma dessas secções vai ocupar um segmento da memória.
 
O [[sistema operativo]] que suporta este sistema possuirá uma [[tabela]] com os tamanhos e [[endereço de memória|endereços de memória]] dos vários segmentos de um programa para saber onde estão. Cada segmento possui um conjunto de permissões (leitura, escrita ou execução) e um tamanho associado. Se o processo é autorizado pelas permissões a referenciar a memória da maneira como deseja e se o endereço está no trecho do segmento, a referência do endereço da memória é permitida. Senão, a falha de segmentação é lançada. Outra associação além de permissão e tamanho é a informação de onde o segmento está localizado na memória.
1 014 218

edições