Diferenças entre edições de "Associação RJ de Esportes"

9 bytes removidos ,  01h09min de 11 de março de 2017
m
Pequenas correcções utilizando AWB
m (Robô: Alteração da categoria redireccionada Desporto da cidade do Rio de Janeiro para Esporte do Rio de Janeiro (cidade))
m (Pequenas correcções utilizando AWB)
| imagem = rjxlogo.png
| imagem-tamanho = 180px
| legenda =
 
<!-- Informações da equipe -->
| temporada = [[Superliga Brasileira de Voleibol Masculino de 2012-13 - Série A|2012/13]]
| posição = 1º
| títulos = {{BRAb}} [[Superliga Brasileira de Voleibol Masculino de 2012-13 - Série A|Superliga de Vôlei]] (1 vez) </br /> {{BR-RJb}} [[Campeonato Carioca de Voleibol Masculino|Campeonato Carioca]] (2 vezes)
 
<!-- Uniformes -->
| braçodireito3 =
| calções3 =
| meias3 =
 
| anexo_atual =
}}
 
A '''Associação RJ de Esportes''', mais conhecida '''RJ Vôlei''',<ref>[http://www.aplicativoscbv.com.br/superliga/prg78.asp?id=25 CBV]</ref> foi uma equipe [[Brasil|brasileirabrasil]]eira de [[voleibol]] masculino da cidade do [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] que atuou na [[Superliga Brasileira de Voleibol Masculino - Série A|Superliga Série A]]. A equipe foi fundada em 2011 como '''Associação Desportiva RJX''', de propriedade do empresário [[Eike Batista]], e batizada conforme a nomenclatura das companhias do [[Grupo EBX]]. Com a saída de Batista e do patrocínio da [[OBX]] em novembro de 2013, a equipe passou por uma séria crise, e muitos atletas deixaram a o time, a equipe foi renomeada, e logo após o fim da temporada, encerrou suas atividades.
 
== Histórico ==
 
Em agosto de 2013, a equipe foi renomeada Associação RJ de Esportes e se mudou para o [[Tijuca Tênis Clube]], com apenas alguns jogos no Maracanãzinho.<ref>[http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2013/08/1334805-time-de-volei-de-eike-muda-local-de-treino-e-vai-anunciar-patrocinadores.shtml Time de vôlei de Eike muda local de treino e vai anunciar patrocinadores]</ref> A estatal [[Usina Hidrelétrica de Furnas|Furnas]] assinou parceria com a equipe.<ref>http://www.furnas.com.br/hotsites/furnasnoesporte/rjx.htm</ref> Em novembro de 2013, em meio à crise no [[Grupo EBX]] a [[OGX]] retirou o patrocínio da equipe. O clube foi então rebatizado RJ Vôlei, com o diretor José Inácio Salles explicando que "RJX" provinha dos [[naming rights]] comprados pela OGX.<ref>[http://www.lancenet.com.br/minuto/RJX-patrocinio-Eike-Batista-retirado_0_1037296288.html#ixzz2pOhGLQnY RJX perde patrocínio de Eike Batista e 'X' é retirado do nome], [[Lance!]]</ref> Com menos dinheiro em caixa, o clube acabou atrasando salários e perdendo o central [[Maurício Souza]] para o voleibol turco e o capitão [[Bruno Mossa de Rezende|Bruninho]] para o italiano Modena.<ref>http://www.espn.com.br/noticia/379499_bruninho-desabafa-em-rede-social-deixa-o-rj-volei-por-falta-de-salario</ref> O ponteiro Thiago Sens também abandonou o time para jogar no [[Al Jazira Club]] de [[Abu Dhabi]].<ref>http://www.lancenet.com.br/minuto/Emirados-Arabes-Thiago-Sens-Superliga_0_1061293916.html</ref> O RJ Vôlei planeja entrar na justiça contra a OBX pela empresa ter abandonado o projeto sem aviso prévio.<ref>http://www.otempo.com.br/com-sal%C3%A1rios-atrasados-rj-v%C3%B4lei-acionar%C3%A1-ogx-1.755887</ref> Em fevereiro de 2014 o RJ Vôlei tinha apenas dez jogadores, com uma tentativa de contratar novos nomes sendo vetada pelas outras equipes,<ref>[http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2014/02/1412933-campeoes-mundial-handebol-e-volei-do-pais-definham-em-ligas-nacionais.shtml Campeões mundiais, handebol e vôlei do país definham em ligas nacionais] (16/02/2014), Folha de S.Paulo</ref>
e o central [[Rodrigo Santana|Rodrigão]] abandonando em prol de um time do [[Irã]] por um mês.<ref>[http://www.estadao.com.br/noticias/esportes,rodrigao-esquece-fico-e-e-sexto-jogador-a-deixar-o-rj-volei,1131353,0.htm Rodrigão 'esquece' fico e é sexto jogador a deixar o RJ Vôlei], Estado de S. Paulo</ref>
 
Apesar das dificuldades o RJ Vôlei conseguiu se classificar para a segunda fase da Superliga ao terminar em quinto lugar. Nas quartas de final, o clube foi eliminado pelo [[Minas Tênis Clube (voleibol masculino)|Minas]] em dois jogos.<ref>[http://globoesporte.globo.com/volei/noticia/2014/03/atual-campeao-rio-luta-mas-perde-para-o-minas-e-esta-fora-da-superliga.html Atual campeão, Rio luta, mas perde para o Minas e está fora da Superliga], Globo Esporte</ref> Salles havia renovado contrato com Furnas, buscando parceiros para manter a equipe financialmente viável.<ref>[http://www.lancenet.com.br/minuto/Eliminado-Superliga-RJ-Volei-Furnas_0_1100290073.html Eliminado, RJ Vôlei renova com Furnas e busca manutenção da equipe], LANCE!</ref><ref>[http://oglobo.globo.com/esportes/rj-volei-por-um-fio-11864436 RJ Vôlei por um Fio], O Globo</ref> Porém em junho o técnico Marcelo Fronckowiak deixou a equipe para treinar um clube russo,<ref>[http://www.espacodovolei.com/2014/06/marcelo-fronckowiak-deixa-rj-volei-e.html]</ref> e no mês seguinte a equipe não constava mais entre os participantes da Superliga.<ref>[http://www.lancenet.com.br/minuto/Pre-lista-Superliga-RJ-Volei-Unilever_0_1167483355.html]</ref>