Inatismo: diferenças entre revisões

65 bytes removidos ,  11 de março de 2017
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:d45:15dd:6900:c4fa:e649:1cd:194c, com Reversão e avisos
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 2804:d45:15dd:6900:c4fa:e649:1cd:194c, com Reversão e avisos)
{{Sem-fontes|data=abril de 2015}}
'''Inatismo''' é a concepção que algumas [[ideia]]s/conhecimentos advindos de ( Ô NEGOSSO É TODOS IREM PRA IGREJA BUSCAR O REINO DO SENHOR ) conteúdos mentais estão presentes desde o nascimento, isto é, não são adquiridas ou aprendidos.
 
O inatismo opõe-se particularmente ao [[empirismo]] de John Locke, onde em sua obra "Ensaio acerca do Entendimento Humano", afirma que a [[mente]] (''mind'') é uma "[[tabula rasa]]", e toda ideia deriva da [[Experiência (filosofia)|experiência]] [[experiência sensível|sensível]].
11 375

edições