Abrir menu principal

Eduardo Pazos

Juntou-se a 11 de janeiro de 2013
341 bytes adicionados ,  19h41min de 1 de maio de 2017
 
==Falando de mim==
[[Ficheiro:Autismo-fita3.jpg|left|100px|Autismo: direitos iguais]]
 
Olá, pessoal. Nasci no [[Brasil]], na cidade do [[Rio de Janeiro]] - [[Estado do Rio de Janeiro|RJ]]. Sou [[estudante]] e sempre quando sobra algum [[tempo]] livre eu entro na [[wikipédia]] para fazer inúmeras coisas. Eu sou um "cara" que gosta de traduções. Sou um "cara" que não leio (tudo) páginas grandes, mas leio alguma coisa. Dou uma olhada em páginas grandes e pequenas. Faço um esforço para ler muita coisa. Eu sou um usuário que preciso de ajuda na wikipédia, verdade. Se quiserem, podem ver [[Special:Contributions/Eduardo P|minha página de contribuições]].
 
Tenho um autismo com um grau leve, TOC e ainda não diagnosticaram, mas pareço ter dislexia ou outra síndrome do gênero. Por ter dificuldade em ler livros. Os livros que tenho me interesso, nunca consegui terminar de ler.
 
===Um pouco sobre minha família===
Minha avó paterna ''María'' é [[espanhola]] [[galega]] da [[província de Pontevedra]]. Ela nasceu em uma vila ou aldeia chamada [[Pontellas]], pertencente ao município (''concello'') do [[Porriño]]. Meu avô paterno ''Benito'' que faleceu em dezembro de 2015, também era [[espanhol]] [[galego]] (não me lembro de que cidade, acredito que era de [[Santa Comba (Galiza)|Santa Comba]]. Um lugar muito frio. Minha avó paterna ''Maria'' fugiu da Espanha por causa da guerra, não me lembro qual guerra. E conheceu meu avô paterno falecido no Brasil, mais precisamente Rio de Janeiro. Os meus bisavôs maternos que faleceram, eu não cheguei a conhecê-los, eles eram [[italianos]] [[siciliano]]s. Não tenho certeza se meu avô paterno tinha ascendência moura. Talvez por causa de seus antepassados, lembra um pouco o [[Al-Andalus]].
 
Eu tenho sangue de [[espanhol]] ([[galego]]) com [[mineiro]] e [[italiano]]. Minha avó materna que mora em [[Andrelândia]]-MG, possui descendência indígena e meu avô materno, também falecido, carregava o sobrenome italiano ''Rivelli'' no peito, para passar a seus herdeiros. Minha avó materna não quis passar o sobrenome ''Silva'' para minha mãe, por ser muito comum. Por pouco que eu não ficava com o sobrenome ''Silva''. Minha avó paterna passou os sobrenomes (''apellidos'') ''Estevez'' e ''Pazos'' (sobrenome muito comum na Galiza e Espanha, porém não muito comum no Brasil) para minha tia paterna e a meu pai. Fiquei com os sobrenomes ''Rivelli'' e ''Pazos''.
Meus pais se separaram, a união não deu certo.
 
Eu tenho familiares no [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] (onde nasci e moro), em [[Volta Redonda]]-RJ, em [[Andrelândia]]-[[Minas Gerais|MG]], em [[Juiz de Fora]]-MG, em [[Lima Duarte]]-MG e na [[Galícia]] ([[Espanha]]) - nomeadamente no [[O Porriño|Porriño]] e [[Vigo]].