Diferenças entre edições de "Grande Mesquita de Alepo"

24 bytes adicionados ,  16h50min de 3 de julho de 2017
m
ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script
m (ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes usando script)
|Área =
}}
A '''Grande Mesquita de Alepo''' (árabe: جامع حلب الكبير Halab Jami 'al-Kabir) ou a '''Mesquita Omíada de Alepo''' (Masjid al-Halab Umayya BI) é a maior e mais antiga [[mesquita]] da cidade de [[Alepo]] no norte da [[Síria]]. A presente mesquita data do século XIII, no [[mamelucos|período mameluco]], apenas o minarete [[seljúcida]] é de 1090.<ref>George Mitchell, editor, Architecture of the Islamic World, Thames and Hudson, 1978, p. 231</ref> O minarete porém foi destruído durante os combates em 24 de abril de 2013.<ref name=BBC-minaret>{{citar web|titulo=Syria clashes destroy ancient Aleppo minaret|url=http://www.bbc.co.uk/news/world-middle-east-22283746|editor=bbc.co.uk|data=24 de abril de 2013|acessodata=24 de abril de 2013}}</ref>
 
Acredita-se que a mesquita abrigue os restos mortais de [[Zacarias (sacerdote)|Zacarias]], pai de [[João Batista]].<ref>[http://www.muslimheritage.com/topics/default.cfm?ArticleID=499 The Great Mosque of Aleppo] Muslim Heritage.</ref><ref name="Syria Gate">[http://www.syriagate.com/Syria/about/cities/Aleppo/great_mosque.htm The Great Mosque (The Umayyad Mosque)] Syria Gate.</ref> Ela está localizada na parte antiga da cidade.
 
==História==
O local onde se encontra a Grande Mesquita era uma [[ágora]] do período helenístico que mais tarde tornou-se o jardim da Catedral de [[Santa Helena (território)]] durante o governo era cristã da [[Síria (província romana)|Síria]].<ref name="Syria Gate"/>
 
A mesquita foi iniciada por volta de 715 e foi construída onde era o cemitério da catedral.<ref>George Mitchell, editor, Architecture of the Islamic World, Thames and Hudson, 1978, p.231.</ref> A obra foi iniciada pelo [[califa]] [[Omíadas|omíada]] [[al-Walid I]] e foi concluída por seu sucessor, [[Sulayman ibn Abd al-Malik|Sulayman]], em 717.<ref name="ADL"/>
O pátio e minarete da mesquita foram renovados em 2003.<ref name="ADL"/>
 
Em 13 de outubro de 2012, a mesquita foi seriamente danificada durante os confrontos entre os grupos armados do [[Exército Livre da Síria]] e forças do exército sírio. O presidente [[Bashar al-Assad]] emitiu um decreto presidencial para formar um comitê para reparar a mesquita até o final de 2013.<ref>{{citecitar newsjornal|lastúltimo =Karam|firstprimeiro =Zeina|titletítulo=Historic Aleppo mosque damaged in fighting; repairs ordered|url=http://www.washingtontimes.com/news/2012/oct/15/historic-aleppo-mosque-damaged-in-fighting-repairs/|newspaperjornal=Associated Press}}</ref> Em 24 de abril 2013, o minarete da mesquita foi reduzida a escombros durante uma troca de tiros de armas pesadas entre as forças governamentais e rebeldes durante o curso da [[Guerra Civil Síria]]. A [[Agência de Notícias Árabe Síria]] (SANA) informou que os membros da [[Jabhat al-Nusra]] detonaram explosivos dentro do minarete, enquanto ativistas afirmaram que o minarete foi destruído pelo [[Exército Sírio]].<ref name=BBC-minaret /><ref name=nytminaret1>{{citecitar newsjornal|lastúltimo =Saad|firstprimeiro =Hwaida|titletítulo=Storied Syrian Mosque’s Minaret Is Destroyed|url=http://www.nytimes.com/2013/04/25/world/middleeast/syria.html?hp&_r=0|accessdateacessodata=24 de Abril de 2013|newspaperjornal=New York Times|datedata=24 de abril de 2013|author2autor2 =Gladstone, Rick}}</ref>
 
==Arquitetura==
210 176

edições