Abrir menu principal

Alterações

m
traduzindo nome/parâmetro, ajustes gerais nas citações, outros ajustes usando script
| controles = 1 a 8 ''[[gamepad]]s''
| online = [[Satellaview]] (somente no Japão)
| unidadesvendidas = 49 milhões<ref>{{citar web|titulo=Classic Systems—Super Nintendo Entertainment System|url=http://www.nintendo.com/systemsclassic?type=snes|acessodata=11 de fevereiro de 2006|lingua3língua=en}}</ref>
| jogomaisvendido = * ''[[Super Mario World]]''<br />(20.60 milhões)<ref name="nintendohistory1">{{citecitar web|url=http://www.edge-online.com/features/nintendo-years|titletítulo=The Nintendo Years: 1990|pagepágina=2|publisherpublicado=|datedata=2007-06-25|accessdateacessodata=2007-06-27|archiveurlarquivourl=https://web.archive.org/web/20120820031228/http://www.edge-online.com/features/nintendo-years|archivedatearquivodata=2012-08-20}}</ref>
* ''[[Donkey Kong Country]]'' 9 million<ref>[[#CITEREFKent2001|Kent (2001)]], p. 497. "By the end of the 16-bit generation, Nintendo would go on to sell 9 milhões
copies of Donkey Kong Country"</ref>{{Clear}}
* ''[[Super Mario Kart]]'' 8 milhões<ref>{{citecitar web|url=http://top100.ign.com/2007/ign_top_game_23.html|titletítulo=IGN's Top 100 Games of All Time 2007|publisherpublicado=IGN|yearano=2007|accessdateacessodata=2009-01-02}}</ref>
* ''[[Street Fighter II|Street Fighter II: The World Warrior]]'' 6.3 milhões<ref name="capcomplatinum">{{citecitar web|url=http://www.capcom.co.jp/ir/english/business/million.html|titletítulo=Platinum Titles|publisherpublicado=[[Capcom]]|accessdateacessodata=2010-08-21}}</ref>
| compatibilidade = [[Game Boy]] (via [[Super Game Boy]])
| conectividade = [[Modem]] (via XBAND ou Satellaview)
| sucessor = [[Nintendo 64]]
| |g = }}
'''Super Nintendo Entertainment System''', (também conhecido como o '''Super NES''', '''SNES''' ou '''Super Nintendo''', em português '''Super Sistema de Entretenimento Nintendo''' ) é um console de [[videogame]] de 16 [[Bit|bitsbit]]s desenvolvido pela [[Nintendo]] que foi lançado em [[1990]] no [[Japão]], [[1991]] nos [[Estados Unidos]], [[1992]] na [[Europa]] e [[Australásia]] ([[Oceania]]) e [[América do Sul]] em [[1993]]. No [[Japão]], o sistema é chamado de '''Super Famicom''' (Sūpā Famikon), oficialmente, adotando o nome abreviado do seu antecessor, o [[Nintendo Entertainment System|Famicom]]), ou '''SFC''' para breve. Na [[Coreia do Sul|Coréia do Sul]], é conhecida como a '''Super Comboy''' e foi distribuído pela [[SK Hynix|Hyundai Electronics]]. Embora cada versão é essencialmente o mesmo, várias formas de bloqueio regional impedem as diferentes versões sejam compatíveis entre si.
 
O Super Nintendo Entertainment System é o segundo home console da Nintendo, o [[Nintendo Entertainment System]] (NES) foi o primeiro. O [[Console de videogame|console]] apresentou gráficos avançados e recursos de som em comparação com outros consoles na época. Além disso, o desenvolvimento de uma variedade de chips de aprimoramento (que foram integrados em placas de circuito) ajudou a mantê-lo competitivo no mercado. Enquanto brutos gráficos tridimensionais raramente tinham sido vistos antes em consoles domésticos, utilizando o chip [[Super FX]] começando com [[Star Fox (jogo eletrônico)|Star Fox]] em [[1993]], o SNES foi capaz de rodar jogos com o mais suave e mais detalhados gráficos tridimensionais, que era anteriormente possível. Isso despertou interesse mais difundido em gráficos de polígono na indústria, ajudando a inaugurar em [[gráficos 3D]], como pode ser visto na quinta geração de consoles de videogame.<ref>Waldron, Valerie. [http://www.lib.umich.edu/online-exhibits/exhibits/show/cvga-disassembled/gamegen5 "CVGA Disassembled - Fifth Generation (1993-2001)"] ''Computer and Video Game Archive'', Fall 2013. Retrieved on 19 November 2013.</ref>
A Nintendo garantiu seu sucesso no Japão especialmente por manter velhos parceiros, como [[Capcom]], [[Konami]], [[Tecmo]], [[Square]], [[Koei]], [[Midway]] e [[Square Enix|Enix]], que mantinham a exclusividade da Nintendo de séries como [[Mega Man]], [[Final Fantasy]] e [[Dragon Quest]]. Nos Estados Unidos, o Super NES começou cambaleando, mas logo ultrapassou em vendas seu principal concorrente, o [[Mega Drive]], graças a jogos como [[Super Mario World]], [[The Legend of Zelda: A Link to the Past]], [[ Street Fighter 2]], [[Super Metroid]], [[Mortal Kombat]], e os jogos das séries [[Final Fantasy]], [[Dragon Quest]] e [[Donkey Kong Country]], consolidando-se, assim, como o maior nome da era 16-bits.
 
O Super NES e Super Famicom foram lançados com apenas alguns jogos, mas esses jogos foram bem recebidos no mercado. No Japão, apenas dois jogos. Os dois jogos no lançamento foram [[Super Mario World]] e [[F-Zero]]. O primeiro, estrelado pelo mascote [[Mario]], costumava acompanhar o console nas vendas e contabilizou 20 milhões de cópias. O segundo contabilizou 2,85 milhões e deu início a mais uma série da Nintendo. Na América do Norte, [[Super Mario World]] e outros títulos iniciais incluindo [[F-Zero]], [[Pilotwings]] (ambos demonstraram a capacidade de renderização pseudo-3D do console "[[Mode 7]]", sendo o ultimo com auxílio de um chip co-processador de nome DSP-1, o mesmo usado em [[Super Mario Kart]]), [[SimCity]] e [[Gradius III]].<ref>{{citecitar web|url=http://www.1up.com/features/launch-wii|titletítulo=Out to Launch: Wii |authorautor =Jeremy Parish |datedata=2006-11-14|publisherpublicado=1UP.com |accessdateacessodata=2007-07-03}}</ref>
 
O Super NES foi sucedido pelo [[Nintendo 64]] em 1996.
 
== Era 32-bit ==
Enquanto outras empresas estavam se movendo para sistemas de [[32 bits]], [[Rare Ltd.|Rare]] e [[Nintendo]] provaram que o Super NES ainda era um forte concorrente no mercado. Em 1994 foi o ano do auge do Super Nintendo, pois foi o ano com maior número de jogos lançado para o console e em novembro de 1994, a [[Rare]], com autorização da [[Nintendo]] lançou o revolucionário ''[[Donkey Kong Country]]'', um jogo de [[jogo eletrônico de plataforma|plataforma]] com modelos e texturas [[pré-renderização|pré-renderizados]] em 3D, criados nas estações de trabalho da [[Silicon Graphics|SGI]]. Com seus gráficos detalhados, animação fluida e música de alta qualidade, ''[[Donkey Kong Country]]'' rivalizava com a qualidade estética dos jogos que estavam sendo liberados em consoles mais recentes e que esbanjavam a maior capacidade de armazenamento, devido o uso dos [[Compact Disc|CDs]] nos consoles de 32 bits (como o [[Sega Saturn]], [[PlayStation (console)|Sony Playstation]] e o [[3DO Interactive Multiplayer|3DO]]). Nos últimos 45 dias de 1994, o jogo vendeu 6,1 milhões de unidades (9 milhões até hoje), se tornando o jogo mais vendido na história até neste ponto. Este jogo enviou uma mensagem que os primeiros sistemas de 32 bits que não aparentavam ser tão diferentes em comparação ao Super NES e ajudaram a dar uma sobrevida de mais 2 anos ao console. Este episódio abriu caminho a ideia de que as produtoras deveriam utilizar os consoles de maneiras cada vez mais criativas e mais eficientes.<ref name="Kent_DKC">[[#CITEREFKent2001|Kent (2001)]], pp. 491–493, 496–497.</ref><ref name="Gamespot_DKC">{{citecitar web |url=http://www.gamespot.com/gamespot/features/video/dk_history/p04.html |titletítulo=GameSpot Presents: The History of Donkey Kong |authorautor =Doug Trueman |publisherpublicado=GameSpot|pagepágina=4|accessdateacessodata=2007-07-13}}</ref>
 
== Versões ==
** SPC7110: Utilizado em ''[[Far East of Eden Zero|Tengai Makyou Zero]],'' também era um relógio em tempo real.
** [[S-DD1]]: Utilizado em [[Street Fighter Alpha 2]] e [[Star Ocean]].
** ST: Criado pela [[SETA Corporation]], essa série de chips era exclusiva de seus jogos: ST010 (''[[F1-ROC: Race Of Champions|]]''F1-ROC: Race Of Champions'']], para gerar a AI dos carros), ST011 (''[[Hayazashi Nidan Morita Shogi]]'', para gerar a AI do jogo) e ST018 (''[[Hayazashi Nidan Morita Shogi 2]]'')
 
== Jogos ==
210 071

edições