Abrir menu principal

Alterações

2 bytes adicionados, 16h59min de 16 de agosto de 2017
sem resumo de edição
=== Reservas Brasileiras ===
[[Ficheiro:UranioBrasil.gif|left|thumb|Principais ocorrências de urânio no Brasil]]
O Brasil, segundo dados oficiais das [[Indústrias Nucleares do Brasil]], ocupa a sextasétima posição no ranking mundial de reservas de urânio<ref>{{citar web|url=http://noticias.uol.com.br/ultimas-noticias/internacional/2010/02/19/entenda-o-processo-de-enriquecimento-de-uranio-e-saiba-quais-paises-tem-tecnologia-para-construir-armas-nucleares.jhtm|titulo=Apesar de alto potencial, Brasil nega intenção de exportar urânio|ultimo=BOROS|primeiro=Talita|data=|acessodata=19 de fevereiro de 2010}}</ref> (por volta de 309.000t de <math>U_3 O_8</math>). Segundo a empresa, apenas 25% do território nacional foi objeto de prospecção, e as duas principais reservas são a de [[Caetité]] (mina Lagoa Real), e a de [[Santa Quitéria (Ceará)|Santa Quitéria]].
 
Descoberta em [[1976]], a mina de Caetité é feita a céu aberto, numa das 33 ocorrências localizadas numa faixa com cerca de 80&nbsp;km de comprimento por 30 a 50&nbsp;km de largura. Localizada a 20&nbsp;km da sede do município, o complexo instalado produz um pó do mineral, conhecido por ''yellow cake''. Esta reserva possui um teor médio de 3.000 ppm (partes por milhão), capaz de suprir dez reatores do porte de [[Central Nuclear Almirante Álvaro Alberto|Angra 2]] durante toda sua vida útil.
Utilizador anónimo