Abrir menu principal

Alterações

185 bytes adicionados, 15h55min de 5 de setembro de 2017
m
 
=== Vida adulta ===
[[File:Oscar Pereira da Silva - Retrato de Joaquim José da Silva Xavier - Tiradentes, Acervo do Museu Paulista da USP.jpg|thumb|Tiradentes, em pintura de [[Oscar Pereira da Silva]].]]
Com os conhecimentos que adquirira no trabalho de mineração, tornou-se técnico em reconhecimento de terrenos e na exploração dos seus recursos. Começou a trabalhar para o governo no reconhecimento e levantamento do sertão sudestino. Em 1780, alistou-se na tropa da [[Capitania de Minas Gerais]]; em 1781 foi nomeado comandante do destacamento dos Dragões na patrulha do "[[Caminho Novo]]", estrada que servia como rota de escoamento da produção mineradora da capitania mineira ao porto [[Rio de Janeiro (cidade)|Rio de Janeiro]] na [[Serra da Mantiqueira]]. Sua atuação levou à prisão de um famoso grupo de salteadores liderados pelo temido Montanha.<ref>CHIAVENATO, pág. 26.</ref> Foi a partir desse período que Tiradentes começou a se aproximar de grupos que criticavam o domínio português sobre as capitanias por onde circulava. Insatisfeito por não conseguir promoção na carreira militar, tendo alcançando apenas o posto de [[alferes]], patente inicial do oficialato à época, e por ter perdido a função de marechal da patrulha do Caminho Novo, pediu licença da [[cavalaria]] em 1787.