Abrir menu principal

Alterações

39 bytes removidos ,  04h28min de 13 de setembro de 2017
m
ajustes gerais nas citações, outros ajustes usando script
| fundo = grupo_ou_banda
| alt =
| origem = [[São Paulo|São Paulo]], [[São Paulo|SP]]
| país = {{BRA}}
| gênero = [[Nu metal]], [[rap metal]], [[rap rock]], [[metal alternativo]], [[hardcore melódico]], [[hardcore punk]], [[punk rock]], [[folk rock]], [[rock alternativo]]
}}
 
'''Tihuana''' foi uma [[banda musical|banda]] [[brasil]]eira de [[rock]] surgida em 1999, na cidade de [[São Paulo (cidade)|São Paulo]]. O som da banda possui influências diversificadas de vários [[Gênero musical|gêneros]] desde o [[Nu metal]], passando pelo [[rapcore]], [[punk rock]], o [[reggae]] e o [[ska]] em algumas canções, mas tendo, como a maior das influências, a [[música latina]]. A banda conta com o [[São Paulo (cidade)|paulistano]] [[Egypcio]] nos [[Cantor|vocais]], o [[Argentina|argentino]] Román no [[baixo]], os [[carioca]]s P.G. na [[Bateria (instrumento musical)|bateria]] e Léo nas [[guitarra]]s e Fouad na [[percussão]], substituto de Baía, que passou a se dedicar totalmente à atividade de ''[[DJ]]''. Em [[13 de Julho]] de [[2017]], dia mundial do Rock, Egypcio anuncia a sua saída da banda. No dia seguinte o grupo decretou seu fim.<ref>{{Citar periódico|titulo=Tihuana: banda encerra atividades por tempo indeterminado|url=https://whiplash.net/materias/news_777/266196-tihuana.html|idioma=pt-br}}</ref>
 
== História ==
Em 2006, o Tihuana lançou o seu quinto e mais recente álbum, ''[[Um Dia de Cada Vez]]''. Este disco mostra o amadurecimento da banda, após tantos anos na estrada, tanto na parte instrumental como nas letras, determinando uma nova fase na sua carreira. O primeiro single, "Na Parede do Quintal", sendo executado nas principais rádios do país.
 
Perguntado o porque do nome ''Um Dia de Cada Vez'' os integrantes da banda respondem:
{{quote2|O título vem da nossa história, estamos juntos desde 2000... então, esse é o quinto álbum da banda. Depois de sete anos, a gente encara que a banda hoje tá assim, vivendo um dia de cada vez mesmo, pra estar sempre aí. Então o título é bem isso aí mesmo! Acho que é o que a gente hoje tá fazendo tanto na nossa vida pessoal, quanto na vida da banda, na carreira da banda. Acho que indo mesmo e vivendo um dia de cada vez. E esse disco, como eu disse, é o quinto da nossa carreira, ele tem 14 faixas. É um disco repleto de canções, do tipo que, se você pegar um violão, você toca as 14 músicas. É um [[álbum]] que tem um diferencial, que abrange diversos assuntos de formas diferentes. Fala sobre [[amor]], [[ódio]], [[religião]], [[política]], [[guerra]], fala sobre saudades, sobre um monte de coisas. E a novidade, é que tem a participação de uma parceira minha que é a Ivy Martins. Ela compôs 70 por cento do disco comigo, o que é uma novidade, já que, como o Tihuana sempre foi uma banda muito democrática, nos outros trabalhos sempre todo mundo compôs, tanto na parte musical, quanto de letra. E esse disco foi diferente, porque eu chamei mais a responsabilidade pra mim mesmo nas autorias das letras, eu junto com essa minha amiga Ivy. Então a gente assina 70 por cento das músicas. Aí depois tem duas músicas de um amigo nosso que já é um parceiro de longa data, o Belex, que inclusive participou na composição de "Renata", e ele também tem duas músicas nesse novo trabalho da gente. E mais uma novidade, que é uma parceria inédita com o [[Rodrigo Sanchez Galeazzi|Rodrigo Koala]] do [[Hateen]], que escreveu a letra de uma faixa do disco, que se chama "Um Novo Dia", que pô, caprichou! Ele sempre disse que queria fazer um trabalho com o Tihuana, e aí nos mostrou a letra, e essa faixa se chama Um Novo Dia.}}
 
=== A última década ===
O Tihuana fez duas turnês internacionais, a primeira no [[Japão]], nas cidades de [[Nagoya]] e [[Toyohashi]], a segunda nos [[Estados Unidos]], passando por [[Nova Jersey]], [[Boston]], [[Atlanta]] e [[Virgínia]]. A banda já se apresentou nos maiores festivais do Brasil como [[Rock in Rio]], [[Planeta Atlântida]], [[BMF]], [[São Paulo Mix Festival]], [[Pop Rock Brasil]], [[Ceará Music]], [[Porão do Rock]], entre outros. Com mais de 700 shows na carreira, a banda encerrou a turnê ''[[Tropa de Elite - Ao Vivo]]''.
 
Em 2011, a banda esteve em estúdio gravando o novo álbum, que contaria com algumas faixas como "Perto de você, longe de mim", "Funk do Edmilson" (regravação de uma das músicas da banda [[Ostheobaldo]]), "Minha Garota" (tocada em todas as rádios de pop/rock do Brasil),<ref>{{citar web|titulo=Tihuana toca inéditas; ouça "Minha Garota"|url=http://guia.folha.uol.com.br/shows/ult10052u930249.shtml|acessodata=15 de Março de 2013}}</ref> "Vem Morar Comigo", "Isso Aqui É Uma Festa de Loucos", e a trilha do filme ''[[Tropa de Elite 2]]'', chamada "Comboio do Terror".
 
No início de 2013, lançaram mais um ''single'', "Minha Rainha", com a participação de [[Digão (músico)|Digão]] dos [[Raimundos]]. O novo álbum, intitulado [[Agora é Pra Valer!]], foi lançado dia 10 de Maio em 2013.<ref>http://blogs.jovempan.uol.com.br/musicjournal/tihuana-lanca-novo-album-com-participacao-de-digao-dos-raimundos/</ref><ref>{{citar web|titulo=Novidades: Tihuana e Digão – “Minha Rainha”|url=http://radiorock.uol.com.br/site/index2.php/?p=10169|acessodata=15 de Março de 2013}}</ref>.
 
Em 2017, com a saída de Egypcio, a banda decidiu encerrar suas atividades.
 
== Integrantes ==
 
==Álbuns de estúdio==
* 2000 - ''[[Ilegal (álbum)|Ilegal]]''
* 2001 - ''[[A Vida nos Ensina]]''
* 2003 - ''[[Aqui ou em Qualquer Lugar]]''
* 2005 - ''[[Tihuana (álbum)|Tihuana]]''
* 2006 - ''[[Um Dia de Cada Vez]]''
* 2013 - ''[[Agora é Pra Valer!]]''
| [[Tropa de Elite (canção)|Tropa de Elite]]
|-
| [[Que Ves?]]
|-
|rowspan="2"| 2001
| Comboio do Terror
|align="center" rowspan="1"|Trilha do Filme [[Tropa de Elite 2]]
|-
|rowspan="1"| 2011
| Minha Garota
|align="center" rowspan="1"|
|-
|rowspan="2"| 2013
|- Perto de Você Longe de Mim
|2018
|"Longa Estrada"
|}
 
== ''Singles'' ==
*"Perto de Você Longe de Mim"
*"Sexo Frágil"
*"Herói de Plástico"
*"Nem mais um Segundo"
210 080

edições