Abrir menu principal

Alterações

372 bytes adicionados ,  21h36min de 29 de dezembro de 2017
 
O Cordão da Bola Preta foi fundado por Álvaro Gomes de Oliveira (também conhecido como "Caveirinha"), Francisco Brício Filho (Chico Brício), Eugênio Ferreira, João Torres e os três irmãos Oliveira Roxo, Jair, Joel e Arquimedes Guimarães, no ano de 1918. Caveirinha teria dado o nome ao bloco ao ver passar uma linda mulher com vestido branco com bolas pretas. <ref>{{citar web|URL = http://www.cordaodabolapreta.com/historia/|título = História|data = |acessadoem = 19.01.2015|autor = |publicado = }}</ref>
 
Rosa Possas, foi a primeira Rainha Moma do Cordão do Bola Preta, que mantém até hoje a tradição de ter Rainhas e Madrinhas inspiradoras que levam o estandarte do Bloco pelas rua do Centro do Rio por onde desfila.<ref>{{citar web|url=http://www.sambando.com/o-encanto-dos-blocos-de-rua|título=O encanto dos blocos de Rua|autor=Sambando.com -|data=29/12/2017}}</ref>
 
Em 2012, o bloco carioca arrastou, segundo estimativas da polícia militar, um público aproximado de 2,3 milhões de pessoas pelas ruas do centro do Rio, o que teria feito o bloco, de acordo com os organizadores do desfile e de parte da mídia, tomar informalmente, do [[Galo da Madrugada]] (de [[Recife]]), o título de maior bloco de carnaval do mundo, dando início, assim, a uma rivalidade entre as duas agremiações.<ref>{{citar web|URL = http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/carnaval/2012/noticia/2012/02/cordao-da-bola-preta-arrasta-23-milhoes-pelo-centro-do-rio-diz-pm.html|título = Cordão da Bola Preta arrasta 2,3 milhões pelo Centro do Rio, diz PM|data = 18.02.2012|acessadoem = 19.01.2015|autor = |publicado = }}</ref>
35

edições