Diferenças entre edições de "Hugo Grócio"

2 bytes adicionados ,  09h17min de 10 de abril de 2018
m
m
 
== Biografia ==
Menino prodígio, começou a compor versos aos oito anos e com onze anos entrou para a Universidade de Leida estudar Direito. Doutourou-se em 1598, em 5 de maio, na [[Universidade de OrleansOrléans]], ao acompanhar a uma missão diplomática à França Johan van Oldenbarnevelt (advogado, então Primeiro Ministro dos Países Baixos Unidos. [[Henrique IV de França|Henrique IV]] , rei da França, comentou que Grócio, que tinha 15 anos, era o verdadeiro "milagre da Holanda").
 
Em 13 de dezembro de 1599 passou a trabalhar como jurista em [[Haia]]. Tornou-se historiador em latim dos assuntos de seu país e praticou direito com os mercadores e comerciantes da [[Companhia das Índias Ocidentais]] e com van Oldenbarnevelt. Em 1604, tornou-se conselheiro legal do príncipe [[Maurício, príncipe de Orange|Maurício de Nassau]].
Grócio ajudou a formar o conceito de [[sociedade internacional]], uma comunidade ligada pela noção de que Estados e seus governantes têm leis que se aplicam a todos eles. Todos os homens e as nações estão sujeitos ao Direito internacional, e a [[comunidade internacional]] se mantém coesa por acordos escritos e pelos costumes.
{{referências}}
 
== Obras ==
[[File:Annotationes ad Vetus Testamentum.tif|thumb|''Annotationes ad Vetus Testamentum'', 1732]]