Diferenças entre edições de "Arquitetura de computadores"

Sem alteração do tamanho ,  20h29min de 10 de maio de 2018
Troquei o d pelo s
(→‎Pipeline ou segmentação das instruções: Correção do uso indevido de maiúscula. Inserção de itálico em termos ingleses. Emprego de termos equivalentes em língua portuguesa, quando existentes.)
(Troquei o d pelo s)
Historicamente, a memória de acesso aleatório (RAM) foi centenas de vezes mais cara que o armazenamento mecânico rotativo, isto é, [[discos rígidos]], num computador moderno.
 
O [[Processador gráfico|processador]] só pode executar uma instrução que esteja na memória real. O mecanismo de Memória Virtual divide a memória real em framedframes e divide um arquivo no disco em páginas de mesmo tamanho dos ''frames''. No disco existem muito mais páginas do que ''frames'' na memória. Sempre que for preciso uma página é copiada da memória virtual (arquivo em disco) para um ''[[frame]]'' da memória real. Surge a necessidade de saber quando é preciso copiar. Surge a necessidade de saber se um ''frame'' pode ser descartado ou se precisa ser recopiado para sua página correspondente no [[Arquivo de computador|arquivo]] em disco. Sempre que uma instrução é executada a partir de um ''frame'' o hardware controlador de [[memória virtual]] testa se o dado a que ela se refere já se encontra em algum ''frame''. Se for o caso, uma interrupção ocorre para que a rotina de tratamento cuide de copiar do disco para a memória real uma página completa contendo o dado necessário.
 
== Segmentação das instruções (''pipeline'') ==
Utilizador anónimo