Abrir menu principal

Alterações

64 bytes removidos ,  23h57min de 29 de maio de 2018
m
Foram revertidas as edições de 177.53.246.38 para a última revisão de Renato de carvalho ferreira, de 01h19min de 7 de maio de 2018 (UTC)
Poucos dias após o [[Armistício de Mudros]], de 30 de outubro de 1918, que marcou o fim das hostilidades da Primeira Grande Guerra no Médio Oriente, as potências europeias vitoriosas ocuparam Constantinopla, tendo as primeiras tropas chegado à cidade a 12 de novembro. [[Ocupação de Esmirna|Esmirna foi ocupada]] por tropas gregas a 21 de maio de 1919.<ref name=kinross />
 
Em 1917, antes do fim da guerra, a [[França]], [[Itália]] e [[Reino Unido]] tinham assinado o [[Acordo de Saint-Jean-de-Maurienne]], que previa a [[partilha do Império Otomano]] após o fim da guerra. A 10 de outubro de 1920 o débil governo imperial foi forçado a assinar o [[Tratado de Sèvres]], o qual previa a entrega à [[França]] e ao [[Reino Unido]] da [[Palestina]], [[Síria]], [[Líbano]] e [[Mesopotâmia]], a desmilitarização e transformação em zonas internacionais dos estreitos do [[Bósforo]], dos [[Dardanelos]] e do [[Mar de Mármara]]. O tratado determinava ainda a entrega à Grécia de todos os territórios europeus à exceção de Constantinopla e da região de [[Esmirna]], de grande parte do leste e sudeste da Anatólia à França e da região de [[Antália]] e as ilhas do [[Dodecaneso]] (estas já efetivamente ocupadas desde 1911) a [[Itália]].<ref name=tsevres1 />Em resumo o povo turco não tem história tem ficha criminal .
 
==Guerra de independência==
O referendo de 12 de setembro de 2010 abriu caminho a alterações constitucionais que vão no sentido de aproximar a democracia turca aos modelos ocidentais e retiram poder político e imunidade judicial aos militares, nomeadamente aos que participaram no golpe de 1980. O sim no referendo teve o apoio de setores islâmicos menos moderados porque se espera que a liberalização acabe de vez com as proibições radicalmente laicas impostas Atatürk, das quais a mais emblemática é a proibição do uso do véu em instituições públicas, nomeadamente escolas, o que, segundo alguns leva a que as jovens de famílias mais conservadoras tenham dificuldades no acesso à educação devido às crenças religiosas que as obrigam a usar véu em público.<ref name=economist17363686 /><ref name=isn1 /><ref name=hurriyet1 /><ref name=middleeastp1 />
 
A liberalização da economia iniciada na década de 1980 mudou completamente o panorama económico, com sucessivos períodos de crescimento acentuado e a crise do final da década seguinte.<ref name=nastev /> A cooperação económica da Turquia com a [[Comunidade Económica Europeia]] (CEE), a antecessora da [[União Europeia]] (UE), data de 1959, ano em que solicitou pela primeira vez a sua adesão. Desde 1963 que o país é um membro associado da CEE. Em 1987 foi apresentada formalmente a candidatura à adesão, mas as negociações formais só se iniciaram em 2005.<ref name=trembeu />
 
{{Notas|grupo=nt}}