Diferenças entre edições de "Meia-vida biológica"

589 bytes adicionados ,  01h19min de 16 de outubro de 2018
m
inseri texto sobre a meia vida de medicamentos biológicos e quimioterápicos
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Edição de IP sob observação
m (inseri texto sobre a meia vida de medicamentos biológicos e quimioterápicos)
{{Sem-fontes|data=fevereiro de 2012| angola=| arte=| Brasil=| ciência=| geografia=| música=| Portugal=| sociedade=|1=|2=|3=|4=|5=|6=}}
A '''meia-vida biológica''' ou '''semi-vida biológica''' é o tempo necessário para que metade de uma substância seja removida do organismo por um processo químico ou físico. A meia-vida biológica é um parâmetro [[farmacocinético]] muito importante e é geralmente denotada pela abreviação '''''t<sub>1/2</sub>'''''.
 
Medicamentos biológicos como anticorpos e moléculas complexas, têm, em geral, meias-vidas mais longas que medicamentos sintéticos e semi-sintéticos. Medicamentos oncológicos, mesmo com meias-vidas curtas, podem ter efeitos a longo prazo, a despeito de terem sua ação logo após a infusão dos medicamentos<ref>{{Citar periódico|data=2017-11-06|titulo=Em quanto tempo a quimioterapia sai do corpo e melhoram os efeitos colaterais?|url=http://drfelipeades.com/2017/11/06/quanto-tempo-a-quimioterapia-fica-no-corpo/|jornal=Dr. Felipe Ades MD PhD - Oncologista|lingua=pt-BR}}</ref>.
 
{{Portal3|Farmácia}}
3

edições