Diferenças entre edições de "Espaço urbano"

502 bytes adicionados ,  01h57min de 7 de dezembro de 2018
(REDIGINDO TEXTO)
 
 
=== O que é espaço urbano?? ===
Para Roberto Lobato Corrêa, o espaço urbano basicamente agrupa os atos da sociedade que o produz e reproduz a partir dos interesses sobre ele. O conjunto das forças que movem o espaço urbano é agente e resultado das ações e reações cometidas nele e com ele, e assim, retrata em sua extensão histórica e social como local das ações de uma coletividade. Com as práticas dos agentes sociais e seus interesses, que consomem e produzem o espaço urbano, acabam definindo as configurações da cidade, através de seus atos que determinam este processo. [6]<ref>{{Citar web|url=http://reverbe.net/cidades/wp-content/uploads/2011/08/Oespaco-urbano.pdf|titulo=O ESPAÇO URBANO|data=|acessodata=2018-12-07|obra=reverbe.net|publicado=|ultimo=Corrêa|primeiro=Roberto Lobato}}</ref> Ele conceitua: <blockquote>"Eis o que é espaço urbano: Fragmentado e articulado, reflexo e condicionante social, um conjunto de símbolos e campo de lutas. É assim a própria sociedade em uma de suas dimensões, aquela mais aparente, materializada nas formas espaciais."</blockquote>Pode começar com a definição do Lobato, que é mais simples, e depois citar a do Lefebvre.
 
Pode começar com a definição do Lobato, que é mais simples, e depois citar a do Lefebvre.
 
O espaço urbano é um produto da sociedade, é um local onde se realiza atividade humana, produto social e histórico. Que a partir dos trabalhos sociais construído através de diversas gerações, atua sobre ele, alterando-o, mudando-o, conduzindo-o, e assim, faz com que tenha esse resultado hoje em dia, e passa a afastar-se mais do ambiente que ainda não foi alterado pela ação humana. [2]
17

edições