Abrir menu principal

Alterações

m
traduzindo nome/parâmetro, ajustes gerais nas citações, outros ajustes usando script
 
===Recepção do Cazaquistão===
O governo do Cazaquistão inicialmente condenou ''Borat''. Antes mesmo do lançamento do filme, em 2005, após a aparição de Borat no [[MTV Movie Awards]], o Ministério das Relações Exteriores do país ameaçou processar Sacha Baron Cohen; após o seu lançamento, o site do filme em [[.kz|versão cazaque]], ''www.borat.kz'', foi derrubado.<ref>Wolf, Buck. [http://abcnews.go.com/Entertainment/story?id=1315240 Kazakhstan Not Laughing at 'Ali G']. ABC News, 15 November 2005. Retrieved on 8 March 2007</ref><ref>Lee, Matthew. [http://film.guardian.co.uk/apnews/story/0,,-6465807,00.html Films Listed Among Human Rights Victims]{{ligação inativa|data=setembro de 2017 |bot=InternetArchiveBot |fix-attempted=yes }}. The Guardian, Associated Press, 8 March 2007. Retrieved on 2007-03-08.</ref> O Cazaquistão também lançou uma campanha multimilionária chamada "Coração da Eurásia" para combater o dano moral que Borat poderia causar ao país; Baron Cohen respondeu as atitudes do governo cazaque em uma coletiva de imprensa afirmando que tais procedimentos seriam como se fossem feitos pelos "idiotas do [[Uzbequistão]]".<ref>{{citar web|url= https://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=6165663|título= Borat Sagdiyev Delivers a Message to Washington|autor =<!--Staff writer(s); no by-line.--> |data=29 de setembro de 2006|website= npr.org|publicado= [[NPR]]|acessodata=12 de fevereiro de 2014}}</ref><ref>{{citar jornal|obra=[[Harper's]]|data=4 de outubro de 2007|url=http://www.harpers.org/sb-boratology-1159910621.html|título=A Recap From the World's Leading Boratologist|acessodata=17 de março de 2007|arquivourl=https://web.archive.org/web/20070321003826/http://www.harpers.org/sb-boratology-1159910621.html|arquivodata=21 de março de 2007}}</ref> O Uzbequistão é, ao longo do filme, referido por Borat como o segundo maior problema do Cazaquistão, atrás apenas dos judeus. Em novembro de 2006, Jantemir Baimukhamedov, estrela de um canal de TV cazaque, viajou a [[Londres]] com o objetivo declarado de apresentar à Baron Cohen carne e urina de cavalo, alegados por Borat no filme como alimento e bebida nacional do Cazaquistão, embora ele não pudesse organizar uma reunião de fato com ele. A Gemini Films, filial da 20th Century Fox na [[Ásia Central]], atendeu ao pedido do governo do Cazaquistão de não divulgar o filme.<ref name="Russiaban"/>
 
Porém, tempos depois, a visão do filme pelos cazaques mudaria completamente: em 2006, o embaixador cazaque Erlan Idrissov, depois de assistir ''Borat'', declarou ter achado várias partes do filme engraçadas e afirmou que o filme "colocou o Cazaquistão no mapa".<ref name="gardner20061109">{{citar jornal| url=https://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=akkVr2mB7XV8&refer=europe |título=`Borat' Film Banned by Russian Regulator as Offensive |data=9 de novembro de 2006 |agência=Bloomberg |acessodata=9 de abril de 2013 |autor =Gardner, Hannah |urlmorta= sim|arquivourl=https://web.archive.org/web/20140222154324/http://www.bloomberg.com/apps/news?pid=newsarchive&sid=akkVr2mB7XV8&refer=europe |arquivodata=22 de fevereiro de 2014 | df=dmy-all }}</ref> Em 2012, o ministro das Relações Exteriores do Cazaquistão, Yerzhan Kazykhanov, atribuiu ao filme o grande aumento no turismo ao seu país (com vistos emitidos aumentado dez vezes mais), dizendo: "Sou grato a ''Borat'' por ajudar a atrair turistas ao Cazaquistão."<ref name="bbc20120424">{{citar jornal| url=http://www.bbc.co.uk/newsbeat/17826000 |título=Kazakhstan thanks Borat for 'boosting tourism' |obra=BBC |data=24 de abril de 2012 |acessodata=9 de abril de 2013}}</ref> O tablóide cazaque ''Karavan'' declarou ''Borat'' como o melhor filme do ano, depois de um crítico ter visto o filme em uma exibição em [[Viena]]. O jornal dizia que era "[...] certamente não um filme anti-cazaque, anti-romeno ou anti-semita, mas sim cruelmente antiamericano [...] incrivelmente engraçado e triste ao mesmo tempo".<ref>[http://film.guardian.co.uk/news/story/0,,1952548,00.html?gusrc=rss&feed=16 Birds get the best of Bond.] The Guardian, 20 November 2006. Retrieved on 2007-03-17.</ref> Outra palavra favorável veio do escritor cazaque Sapabek Asip-uly, que sugeriu que Baron Cohen fosse nomeado para o prêmio anual concedido pelo Clube de Patronos de Arte do Cazaquistão. Em uma carta publicada pelo jornal russo [[Vremya]], Asip-uly escreveu: "(''Borat'') conseguiu despertar um imenso interesse de todo mundo no Cazaquistão - algo que nossas autoridades não puderam fazer durante os anos de independência. Se as autoridades estatais carecem completamente de senso de humor, seu país se torna um estoque imenso de piadas".<ref>{{citar jornal|publicado=Internet Movie Database|url=https://www.imdb.com/news/wenn/2006-11-27/|título=Cohen Nominated for Kazakh Award|acessodata=27 de novembro de 2006|urlmorta= sim|arquivourl=https://web.archive.org/web/20061206180603/http://www.imdb.com/news/wenn/2006-11-27|arquivodata=6 de dezembro de 2006|df=dmy-all}}</ref> A filial britânica da ''[[Amazon.com]]'' registrou um número significativo de pedidos de compra do DVD de ''Borat'' oriundos do Cazaquistão.<ref>[http://www.cbc.ca/arts/film/story/2007/03/12/borat-dvd-kazakhstan.html Borat DVD a top seller in Kazakhstan.] CBC Arts, 12 March 2007. Retrieved on 2007-04-12.</ref>
''Borat! Cultural Learnings of America for Make Benefit Glorious Nation of Kazakhstan'' foi lançado em [[DVD]] primeiramente na [[Código de região de DVD|Região 2]] em 5 de março de 2007 e na [[Código de região de DVD|Região 1]] no dia seguinte.<ref>[http://www.movieweb.com/dvd/news/59/16859.php "Borat DVD to Be Released As Is on March 6".] {{webarchive|url=https://web.archive.org/web/20070310223504/http://www.movieweb.com/dvd/news/59/16859.php |date=10 March 2007 }} Movieweb.com, 9 January 2007. Retrieved on 2007-03-11.</ref><ref>[http://www.allocine.co.uk/film/disponibledvd_gen_cfilm=109678.html Borat: In DVD!]. Allocine.co.uk. Retrieved on 11 March 2007.</ref> Os bônus contidos no DVD incluem cenas deletadas, propagandas falsas da trilha sonora e canções traduzidas em russo com dublagens feitas por um estúdio profissional, junto com as faixas em inglês, francês e espanhol comuns na Região 1. No menu de idiomas do DVD existe a opção de áudio em hebraico, mas quando a opção é selecionada trata-se apenas de uma pegadinha; ao escolher essa opção de idioma a tela informa os seguintes dizeres: "Você caiu numa armadilha, cara! Mantenha as garras à vista! Não tente mudar de formato!" (uma nova piada de anti-semitismo prevalente na história de Borat no filme). Os extras também incluem imagens da turnê publicitária de Borat para o filme, com Baron Cohen interpretando o personagem-título no ''[[The Tonight Show with Jay Leno]]'', ''[[Late Night with Conan O'Brien]]'' e no ''[[Saturday Night Live]]''. Outro bônus incluído é um segmento de notícias de uma estação de TV da Virgínia sobre a aparição de Borat no rodeio com uma entrevista com o organizador do evento Bobby Rowe.
 
Há outras piadas dentro do próprio DVD: os menus do disco são estilizados como se fossem um filme gasto e estático vindo de um [[Projetor cinematográfico|projetor]] de funcionamento irregular, com textos em alfabeto cirílico acompanhados de uma tarja preta com traduções no idioma da região do DVD. Abaixo do menu principal do DVD é exibida a mensagem "Filmedisco pré-gravado para fins de ver domesticamente o filme"; quando o espectador clica na opção de iniciar filme é mostrado um aviso antes da exibição do longa dizendo "A venda de cópias piratas deste filmedisco resultará em castigo por esmagamento". Os ''[[trailer]]s'' do DVD afirma que o filme "chegará ao Cazaquistão em 2028". Em abril de 2007, o DVD vendeu mais de 3,5 milhões de cópias, totalizando mais de US$ 55 milhões em vendas.<ref>[http://www.the-numbers.com/movies/2006/BORAT-DVD.php Sales of Borat movie DVD]</ref> Em 9 de novembro de 2009, ''Borat'' foi lançado em [[Blu-Ray]] nos Estados Unidos.<ref>{{Citation|titletítulo=Borat|datedata=2009-11-09|url=https://www.amazon.com/Borat-Blu-ray-2006/dp/B002M4CEZG/|publisherpublicado=Ais|languagelíngua=English|accessdateacessodata=2018-05-17}}</ref>
 
''Borat'' foi exibido pela primeira vez na televisão aberta brasileira no dia 26 de outubro de 2009, dentro da sessão de filmes ''Tela Quente'' da [[Rede Globo]].<ref>{{Citation|titletítulo=Globo exibe o polêmico "Borat" nesta segunda-feira|datedata=2009-10-26|url=https://noticias.bol.uol.com.br/entretenimento/2009/10/26/ult4738u29155.jhtm|publisherpublicado=BOL notícias|language=português|accessdateacessodata=2019-01-07}}</ref>
 
==Ver também==
7 411

edições