Diferenças entre edições de "Kate Austen"

229 bytes adicionados ,  23h26min de 23 de janeiro de 2019
m (clean up, typos fixed: pára-quedas → paraquedas, vôo → voo utilizando AWB)
Kate nasceu em 1977 em [[Iowa]] (EUA) e lá foi criada por sua mãe Diane (garçonete de um pequeno restaurante em Iowa) e Sam Austen (soldado do exército americano e veterano da [[Guerra do Golfo]]), foi Sam quem ensinou Kate a rastrear e caçar cervos na floresta durante sua infância. Quando jovem, Kate e seu amigo Tom enterraram juntos uma cápsula do tempo sob uma imensa árvore. Mais tarde, os pais de Kate se divorciaram e Diane casou-se novamente, com um alcoólatra abusivo chamado Wayne, com quem já tinha se relacionado anteriormente. Kate detestava Wayne intensamente, porque ele abusava de sua mãe e, quando bêbado, assediava Kate também. Já adulta, Kate percebeu que a única maneira de ajudar sua mãe era matando Wayne, então ela faz uma apólice de seguro para a casa de sua mãe antes de explodi-lá com Wayne em seu interior, em seguida confessa a sua mãe o que fez para, então, desaparecer. Diane, ao invés de ficar agradecida, chama a polícia, resultando na prisão de Kate numa estação de ônibus pelo agente federal Edward Mars (“What Kate Did”).
 
Enquanto Mars a leva para uma delegacia, um [[cavalo]] negro cruza na estrada o faz perder o controle do veículo causando um acidente, Kate aproveita para fugir deixando Mars machucado para trás (“What Kate Did”). Kate viaja para se encontrar com Sam, quee revela aque elana quetentativa node momentopresentear-lo com um álbum de suafotos, concepçãoela eledescobriu seque encontravao período em que ele estava na Coréia, sendofoi o momento de sua concepção. Descobrindo assim que Wayne era seu pai biológico e não ele, e que Kate havia assassinado seu verdadeiro pai (“What Kate Did”). DebilitadaEla devidoficou suainconformada relaçãopor comnão Waynesaber de Sam a verdade e perguntou porque ele não o matou. Mas se arrepende pela resposta dada de que não tinha sangue assassino. Debilitada, Kate continua seu estilo de vida como fugitiva, porém ainda determinada a saber quais foram os motivos que levaram sua mãe a denunciá-la para a [[polícia]]. Sob o nome falso de Lucy, ela conhece uma desafortunada artista chamada Cassidy Phillips, que a ajuda a encontrar Diane no restaurante, onde descobre que mesmo com o comportamento abusivo de Wayne, Diane ainda o amava. Antes da saída de Kate, Diane a avisa não chamará a polícia mas que na próxima vez que elas se encontrassem, ela imediatamente chamaria por ajuda. Após esse encontro, Kate agradece a ajuda de Cassidy e admite em uma conversa que nunca pode perdoar a mãe pelo que ela fez e antes de deixar sua nova amiga, revela que seu verdadeiro não é Lucy (“Left Behind”).
 
Kate foge para Miami, onde conhece, se apaixona e se casa com um policial chamado Kevin Callis, desta vez ela assume o nome de Mônica. Antes do casamento, Kate telefona para Mars e implora para que ele pare de procurar por ela, o que ele concorda em fazer desde que Kate prometa que finalmente irá se estabilizar nesse lugar, coisa que Kate e Mars sabem que ela é incapaz de fazer. Depois de quase ficar grávida e Kevin comprar duas passagens da Oceanic Airlines para a Costa Rica para sua lua de mel, Kate confessa seu passado como fugitiva e coloca um forte sedativo na bebida de Kevin, drogando-o, antes de desaparecer novamente (“I Do”).
== Na ilha ==
=== Primeira Temporada ===
Tendo sobrevivido ao acidente, Katee se livralivrado das algemas (essas mesmas algemas são encontradas, posteriormente, por Walt e usadas para prender Jin), e cambaleanteKate segue cambaleante para dentro da floresta para encontrar um ferido Jack, onde concorda em suturar seus ferimentos. Naquela mesma noite, os dois, acompanhados por Charlie, exploram o interior da [[floresta]] a procura da cabine do piloto que estava desaparecida. Os três descobrem a cabine e, também, Seth Norris, o piloto que havia sobrevivido à queda. Assim que eles recuperam o rádio transceiver são surpreendidos com a chegada do “Monstro”, que enfurecido ataca e mata Seth. Kate regressa à praia com Jack e Charlie e se une a inúmeros outros sobreviventes e, junto com Sayid, descobre um pedido de socorro pelo rádio, era um sinal em loop enviado pela francesa [[Danielle Rousseau]] e que parecia estar rodando por 16 anos (“Pilot – Part 02”).
 
Mais tarde, Jack conta a Kate que ele sabe que ela é uma fugitiva da polícia. Ela examina o gravemente ferido Edward Mars, que estava sendo tratado por Jack, somente para ser estrangulada. Após esse incidente, ela pede que Sawyer o mate em seu nome mas isso não foi necessário, Mars acaba por tirar a própria vida, sabendo que seu ferimento era letal e que lhe restariam apenas alguns poucos e dolorosos dias de vida. Posteriormente, Jack acaba descobrindo as cavernas mais no interior da ilha, porém Kate decide permanecer na [[praia]] e se prepara para ajudar Sayid a localizar a origem do sinal de socorro que eles estavam captando, mas Sawyer a informa que Jack está preso dentro de uma caverna, Kate abandona sua missão ao lado de Sayid para tentar ajudá-lo. Quando Sawyer está sendo torturado por Sayid para encontrar o inalador para asma de Shannon, que todos acreditavam estar de posse dele, Sawyer diz que somente contará se Kate o beijar (eles trocam seu primeiro beijo). Depois do beijo ele revela que não sabe onde o inalador está e Kate lhe dá um soco (“Confidence Man”).
Utilizador anónimo