Diferenças entre edições de "Inácio do Nascimento Morais Cardoso"

73 bytes adicionados ,  00h47min de 28 de março de 2019
sem resumo de edição
m (Robô: Alteração da categoria redirecionada Cardeais nomeados por Pio IX para Cardeais nomeados pelo papa Pio IX)
|nascimento_local = [[Imagem:Flag Portugal (1830).svg|30px|link=Reino de Portugal]] [[Murça (freguesia)|Murça]]
|morte_data = {{morte|23|2|1883|20|12|1811|lang=PT}}
|morte_local = [[Imagem:Flag Portugal (1830).svg|30px|link=Reino de Portugal]] [[Lisboa]], [[São Vicente de Fora]]
|padre_data = [[19 de Dezembro]] de [[1835]]
|bispo_data = [[28 de Setembro]] de [[1863]], como [[bispo do Algarve]]
|sepultado = [[Panteão dos Patriarcas de Lisboa]]
}}
'''Inácio do Nascimento de Morais Cardoso''' ([[Murça]], [[Murça (freguesia)|Murça]], [[20 de Dezembro]] de [[1811]] – [[Lisboa]], [[São Vicente de Fora]], [[23 de Fevereiro]] de [[1883]]), foi o undécimo [[Patriarca de Lisboa]] com o nome de '''D. Inácio I'''.
 
Era filho de Hipólito de Morais Cardoso, Capitão-Mor de Murça, e de sua mulher Eufémia Joaquina. Foi seu parente o 1.º [[Visconde de Morais Cardoso]].
 
Ordenado [[padre]] em [[19 de Dezembro]] de [[1835]], após terminar seus estudos em [[Teologia]] na [[Universidade de Coimbra]]. Nomeado capelão e confessor do rei [[Pedro V]], foi tesoureiro da Real Capela das Necessidades. Foi designado como bispo do [[Algarve]] em [[1863]], sendo consagrado em [[28 de Setembro]] pelo [[Cardeal-Patriarca]] [[Manuel Bento Rodrigues da Silva]]. Foi nomeado Patriarca de Lisboa em [[25 de Abril]] de [[1871]]. Em [[1873]], [[Papa Pio IX|Pio IX]] elevou-o à dignidade de [[Cardeal]], do título dos [[Santos Nereu e Aquileu (título cardinalício)|Santos Nereu e Aquileu]], embora o [[galero]] lhe tenha sido imposto em [[Lisboa]] pelo soberano, à data [[Luís I de Portugal|D. Luís]], em [[25 de Junho]] de [[1877]].
 
Foi o principal consagrante do bispo [[Américo Ferreira dos Santos Silva]]. Participou do [[Concílio Vaticano I]] e do [[Conclave de 1878]], que elegeu [[Papa Leão XIII|Vincenzo Gioacchino Raffaele Luigi Pecci]] como Papa Leão XIII. Morre a 23 de fevereiro de 1883 no Paço de São Vicente e d<span>esde meados do século XX que o seu corpo se encontra no </span>[[Panteão dos Patriarcas de Lisboa]]<span>.</span>
 
{{Referências}}
Utilizador anónimo