Diferenças entre edições de "Instituto Tomie Ohtake"

112 bytes adicionados ,  19h53min de 23 de abril de 2019
Informações de inauguração do Instituto Tomie Ohtake, de acordo com conteúdo disponibilizado na página oficial do Instituto Tomie Ohtake
("curador" para "curador-chefe", de acordo com o site institucional do Instituto Tomie Ohtake)
(Informações de inauguração do Instituto Tomie Ohtake, de acordo com conteúdo disponibilizado na página oficial do Instituto Tomie Ohtake)
|longitude =
}}
O ''' Instituto Tomie Ohtake''', éinaugurado em novembro de 2001, destaca-se por ser um [[centrodos cultural]]raros localizadoespaços nada cidade deespecialmente [[Sãoprojetado, Pauloarquitetônica (cidade)|Sãoe Paulo]]conceitualmente, inauguradopara emrealizar mostras nacionais e Novembrointernacionais de 2001artes plásticas,<ref name=":3">{{Citararquitetura web|url=http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/o-que-visitar/atrativos/pontos-turisticos/3908-instituto-tomie-ohtake|titulo=Institutoe Tomie Ohtake|acessodata=2017-06-13|obra=wwwdesign.cidadedesaopaulo.com|ultimo=Sampaio|primeiro=Leandro}}{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref><ref name=":4">{{Citar periódico|data=2016-06-30web|titulo=Instituto Tomie Ohtake|jornal=Historia das Artes|url=httphttps://www.historiadasartesinstitutotomieohtake.comorg.br/sala-dos-professoreso_instituto/institutosobre|obra=www.institutotomieohtake.org.br|acessodata=2019-tomie04-ohtake/23}}</ref> junto a um prédio comercial o qual possui traços futuristas e encontra-se localizado na [[Avenida Brigadeiro Faria Lima|Avenida Faria Lima]]. O edifício foi projetado pelo filho de [[Tomie Ohtake]], [[Ruy Ohtake]]. Atualmente o local é dirigidopresidido por Ricardo Ohtake e seu curador-chefe é Paulo Miyada.<ref>{{Citar periódico|ultimo=Ribeiro|primeiro=Julia Faria|data=2015-06-08|titulo=A história de Tomie Ohtake e o Instituto|jornal=Faculdade Cásper Líbero|url=https://casperlibero.edu.br/graduacao/relacoes-publicas-graduacao/historia-de-tomie-ohtake-e-o-instituto/}}</ref> <ref name=":0">{{Citar periódico|data=2015-03-16|titulo=Instituto Tomie Ohtake {{!}} Da Redação {{!}} VEJA SÃO PAULO|jornal=VEJA SÃO PAULO|url=http://vejasp.abril.com.br/estabelecimento/instituto-tomie-ohtake-pinheiros/}}</ref>
 
Inicialmente o [[Instituto]] foi projetado para abrigar apenas as obras de [[Tomie Ohtake|Tomie]], mas com o tempo acabou se tornando um [[centro cultural]], o qual revela jovens artistas por meio de sete salas expositivas. Ele não possui um acervo fixo,<ref name=":3">{{Citar web|url=http://www.cidadedesaopaulo.com/sp/o-que-visitar/atrativos/pontos-turisticos/3908-instituto-tomie-ohtake|titulo=Instituto Tomie Ohtake|acessodata=2017-06-13|obra=www.cidadedesaopaulo.com|ultimo=Sampaio|primeiro=Leandro}}{{Ligação inativa|{{subst:DATA}}}}</ref> porém recebe exposições de [[arte contemporânea]] e possui um programa de cursos culturais. <ref name=":0" />
 
Sua estrutura conta com um núcleo de cultura e participação, um restaurante de cozinha da chef Morena Leite, o [[Teatro Cetip]], a livraria Gaudi, uma loja de objetos IT e a Igreja. Além disso, o local conta com uma sala destinada as obras e informações gerais sobre a vida e arte de [[Tomie Ohtake]] (1913-2015). <ref name=":0" />
 
== Histórico ==
Em 2000, foi lançado o projeto do Instituto [[Tomie Ohtake]] na cidade de São Paulo<ref>{{citar web|url=http://www.revistas.usp.br/anagrama/article/viewFile/35583/38302|titulo=Tomie Ohtake na Arte Contemporânea|data=|acessodata=|publicado=Revista Anagrama: Revista Científica Interdiciplinar da Graduação|ultimo=Gallo|primeiro=Alline Corona}}</ref> e sua inauguração se deu no ano de 2001.<ref name=":1" /><ref name=":4">{{Citar periódico|data=2016-06-30|titulo=Instituto Tomie Ohtake|url=http://www.historiadasartes.com/sala-dos-professores/instituto-tomie-ohtake/|jornal=Historia das Artes}}</ref> Ele foi instalado em um complexo chamado Ohtake Cultural, o qual tem um centro de convenções, dois prédios de escritórios e um centro cultural unidos por um Grande Hall de serviços. Com a ajuda do Grupo [[Aché Laboratórios Farmacêuticos|Aché]], foi possível construir o prédio, o qual foi projetado por Ruy Ohtake. <ref name=":1" />
 
Tanto o projeto arquitetônico quanto o nome da instituição são uma homenagem a consagrada artista plástica [[Tomie Ohtake]], a qual tem um enorme reconhecimento e importância na arte brasileira.
Utilizador anónimo