Diferenças entre edições de "Tratado da Tríplice Aliança"

83 bytes removidos ,  23h25min de 13 de junho de 2019
sem resumo de edição
m (Foram revertidas as edições de 170.79.193.213 para a última revisão de Luan, de 17h30min de 26 de fevereiro de 2019 (UTC))
Etiqueta: Reversão
Teve ainda pontos positivos e negativos. Dentre os negativos, o principal é que não mostrou com clareza quais as forças que cada país colocaria em campo. Apenas se disse que "os aliados concorrerão com todos meios de guerra de que possam dispor, em terra ou nos rios, como julgarem necessário" (art. 2º). Ao concordar com tal cláusula, o diplomata brasileiro estava assinando milhares de cheques em branco a serem descontados pelos aliados, em especial os argentinos. Houve outros pontos negativos, mas este foi o principal.
 
A guerra desenvolveu-se até [[1870]] e foi cara e sangrenta, em especial para o Brasil que enviou os maiores contingentes e gastou o que podia e também o que não podia. Enquanto a Argentina enviava limitadas forças, depois sempre reduzidas, e ainda movimentava fortunas em seu território, enriquecendo comerciantes locais de todos os tipos. E tudo para os abastecimentos de boca e de guerra do aliado brasileiro. O qual o único beneficiado foi a Inglaterra, possuindo mais um mercado consumidor.
 
{{Rebeliões do Brasil Império}}
Utilizador anónimo