Diferenças entre edições de "Jerônimo"

2 bytes removidos ,  16h55min de 24 de junho de 2019
m
 
== Biografia ==
Eusébio Sofrônio Jerônimo nasceu na cidade de [[Estridão]] (em [[latim]]: Strido Dalmatiae), na [[Província romana|proví­ncia romana]] da [[Dalmácia romana|Dalmácia]] por volta de 347<ref>{{citar livro | nome = Megan Hale | sobrenome = Williams | título = The Monk and the Book: Jerome and the making of Christian Scholarship | place = Chicago | ano = 2006}}</ref>, mas só foi batizado entre 360 e 366 quando viajou para [[Roma]] com seu amigo [[Bonoso (bispo)|Bonoso]] - que pode ou não ser o mesmo Bonoso que Jerônimo identifica como sendo seu companheiro quando foi viver como [[eremita]] numa ilha no [[Adriático]] - para continuar seus estudos sobre [[retórica]] e [[filosofia]]. Lá, Jerônimo estudou [[latim|gramática latina]] e um pouco de [[língua grega|grego]]<ref>{{citar livro | editor-first = Michael | editor-last = Walsh | título = Butler's Lives of the Saints | editora = HarperCollins | place = New York | ano = 1991 | página = 307}}</ref> com o [[Gramática|gramático]] [[Élio Donato]], embora não tenha adquirido a proficiência na língua grega que, anos depois, alegaria ter obtido como estudante<ref>{{citar livro | nome = JND | sobrenome = Kelly | título = Jerome: His Life, Writings, and Controversies | editora = Harper & Row | place = New York | ano = 1975 | páginas = 13–14}}</ref>. Jerônimo, tendo nascido em uma região do Império com forte presença romana desde 165 a.C., quando da derrota do último rei da Ilíria, Gentius[[Gêncio]], e já completamente latinizada no século IV d.C.<ref>{{Citar livro|url=https://www.worldcat.org/oclc/55874906|título=The provinces of the Roman Empire, from Caesar to Diocletian|ultimo=Mommsen, Theodor, 1817-1903.|ultimo2=Haverfield, F. (Francis), 1860-1919.|data=2004|editora=Gorgias Press|edicao=1st Gorgias Press ed|local=Piscataway, N.J.|isbn=1593330251|oclc=55874906}}</ref>, teria falado latim como língua materna.
 
Ainda como estudante em Roma, Jerônimo se envolveu no comportamento errático dos colegas mais despreocupados, o que lhe provocava depois terríveis ataques de arrependimento. Para apaziguar a consciência, visitava aos domingos as sepulturas dos [[mártir]]es e dos [[apóstolo]]s nas [[catacumbas de Roma|catacumbas]], uma experiência que lhe lembrava dos terrores do [[inferno]]:
65

edições