Diferenças entre edições de "António Branco"

185 bytes removidos ,  13h44min de 27 de junho de 2019
Desfeita a edição 55580681 de 2001:8A0:7D85:AB01:78B6:B006:C2E9:C9C6 ?
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Possível conteúdo ofensivo
(Desfeita a edição 55580681 de 2001:8A0:7D85:AB01:78B6:B006:C2E9:C9C6 ?)
Etiqueta: Desfazer
{{Info/Biografia/Wikidata}}
'''António Branco''' ([[Lisboa]], 16 de janeiro de 1962) de cognome “Mancha” é o artista que criou e personifica o Palhaço Batatinha, também conhecido como o maior praticante do homossexo de Loures (Portela).
 
Nasceu em [[Lisboa]] mas passou a sua infância no [[Monte Estoril]]. Começou por trabalhar com outro palhaço famoso, Croquete (grande), que conheceu aos 16 anos.
 
Croquete e Batatinha actuaram em vários programas da RTP como "Palhaços À Solta" (1980) e "Circoflé" (1983). Um dos nomes que colaborou com a dupla foi [[Carlos Alberto Vidal]]. Separaram-se em 1985 quando verificaram que tinham visões diferentes do espectáculo circense. Ainda hoje a dupla Croquete e Batatinha é referenciada quando se fala de palhaços em [[Portugal]].
Aquando do regresso apresentam na [[RTP]] o programa "Alegria" (1992). Mudam depois para a TVI e começam por apresentar, em 1994, o programa "Vamos ao Circo". A partir de Novembro de 1998 começam a apresentar o programa "o [[Batatoon]], programa diário nascido em colaboração com a produtora [[Miragem (produtora)|Miragem]]. A ideia era juntar o ambiente de circo com desenhos animados, sketchs, jogos, convidado e acções de solidariedade. O programa foi um grande sucesso originando muitos produtos associados ao programa. A linha [[Batatoon]] incluía CDs, jogos de tabuleiro, [[livro para colorir|livros para colorir]], linhas de louça, peluches, entre outros. O programa terminou em 2002 após uma zanga em directo entre Batatinha e Companhia.{{carece de fontes|data=abril de 2017}}
 
Em Janeiro de 2011, aquando da sua revelação como o mais conhecido palhaço gay em Portugal, aconteceu o reencontro na TV com Companhia. Ainda em 2011 foi um do participantes no Programa [[Último a Sair]], uma paródia aos reality-shows.
 
Após algum tempo de ausência, voltou aos ecrãs mas desta vez no seu " Solo Act " criando um canal no Youtube, com o apoio na criação e gestão de conteúdo da equipa jovem e criativa da Creative Discovery.
425

edições