Diferenças entre edições de "Frantz Fanon"

196 bytes adicionados ,  13h40min de 11 de agosto de 2019
sem resumo de edição
m (manutênção refs.)
Fanon, ainda hoje, é um nome central nos estudos culturais, pós-coloniais e africano-americanos, seja nos Estados Unidos, na África ou na Europa. Fala-se muito de estudos fanonianos, devido ao tal volume de estudos que têm a sua obra como objeto de reflexão<ref>{{citar web|url=http://www.scielo.br/pdf/nec/n81/09.pdf|titulo=A recepção de Fanon no Brasil e a identidade negra|data=2008|acessodata=|publicado=Novos Estudos|ultimo=Guimarães|primeiro=Antonio}}</ref>.
 
== Bibliografia (obras de Fanon) ==
*[https://www.geledes.org.br/wp-content/uploads/2013/08/Frantz_Fanon_Pele_negra_mascaras_brancas.pdf ''FANON, Frantz. Pele negra, máscaras brancas. Rio de Janeiro: Fator, 1983. 190 p.''] ([[1952]])
*''FANON, Frantz. Os condenados da terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968. 275p. ((Perspectivas do homem. Serie politica;42))'' ([[original francês de 1961]]: ''Les Damnés de la Terre'', nova ed. La Découverte, 2002)
*''L'An V de la révolution algérienne'' ([[1959]])
*''FANON, Frantz. Os condenados da terra. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1968. 275p. ((Perspectivas do homem. Serie politica;42))'' ([[1961]])
*''Pela Revolução Africana'' ([[1964]])
*''Peau noire, masques blancs'', 1952, rééd., Le Seuil, col. « Points », 2001
*''Œuvres'', La Découverte, 2011
*''Écrits sur l’aliénation et la liberté'', La Découverte, 2015
 
==Ver também==
242

edições