Diferenças entre edições de "Meditações"

1 694 bytes adicionados ,  22h38min de 17 de novembro de 2019
m
sem resumo de edição
(o estoico)
m
 
Suas ideias estoicas envolvem evitar a indulgência sensorial, uma habilidade que segundo ele libertará o homem das dores e prazeres do mundo material. Ele afirma que a única maneira que um homem pode ser prejudicado por outros é permitir que sua reação o domine, tudo é opinião. Racionalidade e lucidez permitem que se viva em harmonia com o universo. [[Marco Aurélio]] frequentemente expressa uma atitude do que hoje poderíamos chamar de [[Agnosticismo|agnóstica]], implicando ou mesmo afirmando diretamente que não importa se alguém acredita na providência divina (para os [[Estoicismo|estoicos]] Deus é a própria natureza) ou em apenas átomos e caos (visão [[Epicuro|epicureana]], [[Ateísmo|ateísta]])<ref>{{citar web|url=http://www.estoico.com.br/1175/livro-meditacoes-de-marco-aurelio/|titulo=Livro: Meditações de Marco Aurélio|data=26/10/2019|acessodata=26/10/2019|publicado=O Estoico|ultimo=|primeiro=Alexandre Pires Vieira}}</ref>.
 
== Trechos: ==
Retirados da nova tradução da Montecristo Editora<ref>{{citar web|url=http://montecristoeditora.com.br/978161965165-4-medita%C3%A7%C3%B5es-de-marco-aur%C3%A9lio#wbStoreElementwb_element_instance12|titulo=Resenha Meditações|data=|acessodata=17/11/2019|publicado=Montecristo Editora|ultimo=|primeiro=}}</ref>:
 
''“Retire a sua opinião, e então é tirada a reclamação: ‘Fui prejudicado’. Tira a queixa: ‘Fui ferido’, e o dano é tirado.” (IV,7)''
 
''“Não faça como se você fosse viver dez mil anos. A morte paira sobre você. Enquanto vive, enquanto está em seu poder, seja bom.” (IV,17)''<ref>{{citar web|url=http://www.estoico.com.br/1201/resenha-meditacoes-livro-iv/|titulo=Resenha: Meditações, Livro IV|data=|acessodata=15/11/2019|publicado=O Estoico|ultimo=|primeiro=O Estoico}}</ref>
 
''“Tudo é efêmero, tanto quem se lembra como o que é lembrado”. (IV,35)''
 
''“É uma coisa ridícula para um homem não fugir da sua própria maldade, que é realmente possível, mas tentar fugir da maldade de outros homens, que é impossível.” (VII, 71)''
 
''“Se um homem está equivocado, instrua-o gentilmente e mostre-lhe seu erro. Mas se não for capaz, culpe-se a si mesmo, ou não culpe nem a si mesmo.” (X,4)''
 
''“Não fale mais sobre como o homem bom deve ser, mas seja um bom homem”(X,16)''
 
''"Se não é certo, não o faça: se não é verdade, não o diga”(XII,17)''
<br />
 
== Ligações externas ==
*[http://montecristoeditora.com.br/978161965165-4-medita%C3%A7%C3%B5es-de-marco-aur%C3%A9lio#wbStoreElementwb_element_instance12 Meditações de Marco Aurélio].  Montecristo Editora. São Paulo, 2019.
* {{Link|pt|2=http://portalveritas.blogspot.com/2009/04/as-meditacoes-de-marcus-aurelius.html|3=}}, Meditações de Marcus Aurelius: artigo científico.
* {{Link|en|2=http://www.archive.org/search.php?query=creator%3A%22Marcus%20Aurelius%22|3=Edições das ''Meditações''}} no [[Internet Archive]]
* {{(())|[[Língua grega|gr]]}} [https://web.archive.org/web/20070426050533/http://zipper.paco.net/~yury/LL/aurel.html.utf8 ''Τὰ εἰς ἑαυτόν''], uma versão online em grego das ''Meditações'', a partir da publicação de A.S.L.Farquharson
*[http://www.estoico.com.br/1175/livro-meditacoes-de-marco-aurelio/ O Estoico], trechos e resenha da obra.
 
<br />
{{Estoicismo}}
 
== Referências ==
<references />{{Estoicismo}}
 
{{Portal3|Arte|Literatura}}
74

edições