Diferenças entre edições de "Arte degenerada"

→‎Difamação de todas as formas de arte moderna: O termo nacional-socialista nao era preciso em sua historicidade, pois naquele momento já se chamava partido nazista.
(→‎Difamação de todas as formas de arte moderna: O termo nacional-socialista nao era preciso em sua historicidade, pois naquele momento já se chamava partido nazista.)
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
 
=== Difamação de todas as formas de arte moderna ===
Os nacional-socialistasnazistas desenvolveram um diferenciado ideal artístico de [[:de:Kunst_im_Nationalsozialismus|arte alemã]] e perseguiram a arte oposta, também chamada de ''Verfallskunst'' (arte decadente) e “arte discrepante”, pois se caracterizava pelo [[Pessimismo]] e pelo [[Pacifismo]]. Os artistas, comunistas ou judeus, cujas obras não estavam em conformidade com os ideais nacional-socialistasnazistas foram perseguidos. Os nazistas os proibiam de pintar e trabalhar, retiravam suas obras de arte de museus e acervos públicos, confiscavam a “arte degenerada”, forçavam os artistas à emigração ou os assassinavam.
 
Havia três medidas de [[difamação]] na política cultural nazista: [[Queima de livros na Alemanha Nazista|queima de livros]] em maio de 1933 em [[Berlim]], em outras 21 cidades alemãs e também na [[Áustria]] a partir de 1938; perseguição dos pintores e de sua “arte degenerada” e perseguição da “música degenerada” no ''[[:de:Reichsmusiktage|Reichsmusiktage]]'' de 1938, em [[Düsseldorf]].