Diferenças entre edições de "Instituição"

5 bytes adicionados ,  18h19min de 24 de maio de 2020
m
sem resumo de edição
(Exemplos de instituições)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
m
{{mais notas|data=Dezembro de 2008}}
'''Instituições''' são [[estrutura social|estrutura]]s ou [[mecanismo social|mecanismo]]s de [[ordem social]], que regulam o [[comportamento]] de um conjunto de [[indivíduo]]s dentro de uma determinada comunidade. Instituições são identificadas com uma [[função social]], que transcende os indivíduos e as intenções mediando as regras que governam o comportamento vivo.<ref>{{Citar web | titulo = Social Institutions |url=http://plato.stanford.edu/entries/social-institutions/ |website=[[Stanford Encyclopedia of Philosophy]]|língua=Inglês |acessodata=30 de Janeiro de 2015}}</ref> Na definição de [[Huntington]], são "padrões de comportamento recorrentes, valorizados e estáveis.".<ref>{{Harvnb|Huntington|1965|p=394}}.</ref>
 
Organizadas sob o escopo de regras e [[norma]]s, visam à ordenação das interações entre os indivíduos e entre estes e suas respectivas formas organizacionais. Com outras palavras, as instituições sociais tem seu papel fundamental no processo de socialização, ou seja, tem como objetivo fazer um indivíduo tornar-se membro da sociedade.
Como as estruturas e mecanismos de ordem social, as instituições são um objeto principal de estudo em [[ciências sociais]], como [[ciência política]], [[antropologia]], [[economia]] e [[Sociologia]] - esta última descrita por [[Émile Durkheim]] como a "ciência das instituições, sua gênese e seu funcionamento".<ref>Durkheim, Émile [1895] "The Rules of Sociological Method" 8th edition, trans. Sarah A. Solovay and John M. Mueller, ed. George E. G. Catlin (1938, 1964 edition), pp. 45</ref> As instituições são também uma preocupação central para a [[lei]], o mecanismo formal para a tomada de poder político e de execução.
 
Tornando mais econômicas essas interações, as instituições (formais ou informais), são instrumentos indispensáveis à compreensão da [[historicismo|lógica evolutiva]] das [[Atomismo lógico|partículas sociais]], sendo o seu estudo primordial ao entendimento dos [[Complexidade|complexos]] processos pelos quais o [[Capital]] se [[Estruturalismo|estrutura]]. Em essência, as instituições são responsáveis pela organização das interações sociassociais, analisando sua evolução e desenvolvendo métodos que as associem a ambiente favorável à [[Mercado|alocação]] racional [[Mercado|de recursos]] que otimizem a satisfação de suas [[necessidades econômicas|necessidades]].
 
A primeira teoria abrangente das instituições foi proposta em 1956 pelo filósofo e sociólogo alemão [[Arnold Gehlen]].
 
== Exemplos de instituições ==
* [[Casamento]] e a [[família]] - [[sociologia da família]];
* [[Religião]] e instituições religiosas - ver [[sociologia da religião]]; [[religião civil]]
* As instituições [[política]]s incluem os [[órgão político|órgãos]] e os [[partido político|partidos políticos]].;
* As instituições [[educação|educacionais]] são as [[escola]]s, [[universidade]]s etc.;
* As [[associação|associações]].;
* Certos mecanismos sem uma base física são igualmente considerados instituições, como o [[casamento]], a [[pressão social]], a [[linguagem]] etc..
 
{{Referências}}