Diferenças entre edições de "Racialismo"

410 bytes removidos ,  19h58min de 18 de junho de 2020
Estava eu no escritório de Antônio Houaiss, na Rua São José, onde o filólogo dirigia a Enciclopédia Mirador Internacional. Acabara de chegar, acomodara-me muito timidamente numa cadeira, com medo de aquilo resultar em visita desabrida. Eis que irrompe escritório adentro um septuagenário, gravata vermelha de seda e camisa de listas espaçadas também vermelhas. O senhor tinha nas mãos maço de papéis. Dirigiu-se a Houaiss com intimidade de velhos amigos. Não me lembro se o chamou pelo prénome ou pel
m (Foram revertidas as edições de 2804:14D:8481:93F0:ADB5:CF61:65DA:9DDC (usando Huggle) (3.4.10))
Etiquetas: Huggle Reversão
(Estava eu no escritório de Antônio Houaiss, na Rua São José, onde o filólogo dirigia a Enciclopédia Mirador Internacional. Acabara de chegar, acomodara-me muito timidamente numa cadeira, com medo de aquilo resultar em visita desabrida. Eis que irrompe escritório adentro um septuagenário, gravata vermelha de seda e camisa de listas espaçadas também vermelhas. O senhor tinha nas mãos maço de papéis. Dirigiu-se a Houaiss com intimidade de velhos amigos. Não me lembro se o chamou pelo prénome ou pel)
Etiquetas: Editor Visual Remoção considerável de conteúdo
{{Raça}}
'''Racialismo''' é a concepção de que a [[Humano|espécie humana]] se divide naturalmente em [[raça]]s e que essas raças correspondem a categorias biológicas ostensivamente distintas. A maior parte dos dicionários define o termo "racialismo" como sinónimo de [[racismo]].<ref>Chester L. Quarles (2004). ''Christian Identity: The Aryan American Bloodline Religion''. McFarland. [https://books.google.com/books?id=r5BzY2eeyngC&pg=PA67&dq=racialist+synonymous+with+racist&hl=en&sa=X&ved=0ahUKEwj5-sSV0OTKAhWJ5iYKHfG2ALMQ6AEIHjAA#v=onepage&q=racialist%20synonymous%20with%20racist&f=false]</ref>
 
Em [[2006]], a comunidade científica de [[biologia|biólogos]] considerou que ninguém poderia, graças ao progresso científico, falar de [[raças humanas]]. Com efeito, como disse [[Albert Jacquard]] numa declaração assinada por seiscentos [[cientista]]s: