Diferenças entre edições de "3-Metoxi-4-hidroxifenilglicol"

1 196 bytes adicionados ,  15h25min de 20 de junho de 2020
 
 
As concentrações de 3-metoxi-4-hidroxifenilglicol livre no plasma e no líquido cefalorraquidiano são altamente correlacionadas, mas as concentrações no líquido cefalorraquidiano são sempre mais altas que as do plasma, mesmo quando grandes quantidades do metabólito da catecolamina são derivadas de um tumor da [[medula adrenal]]. Isso é explicado considerando-se o plasma e o líquido cefalorraquidiano como um sistema de dois compartimentos, no qual as taxas constantes de entrada e saída do compartimento do líquido cefalorraquidiano são semelhantes. 3-Metoxi-4-hidroxifenilglicol que é sintetizado, mas não [[Catabolismo|catabolizado]], no sistema nervoso central mantém os níveis do líquido cefalorraquidiano em um incremento em relação aos do plasma. Este incremento pode ser usado para fornecer o melhor índice de formação disponível de 3-metoxi-4-hidroxifenilglicol no sistema nervoso central.<ref>IJ Kopin, EK Gordon, DC Jimerson, RJ Polinsky. [https://science.sciencemag.org/content/219/4580/73 Relation between plasma and cerebrospinal fluid levels of 3-methoxy-4-hydroxyphenylglycol]. European Journal of Pharmacology, Volume 21, Issue 3, March 1973, Pages 305-310</ref>
 
Ritmos de vinte e quatro horas ([[Ritmo circadiano|circadianos]]) no na excreção do 3-metoxi-4-hidroxifenilglicol urinário (MHPG), atividade motora, e temperatura oral foram estudadas em 14 indivíduos normais e dez pacientes [[Transtorno bipolar|maníaco-depressivos]]. Nos dois grupos, houve ritmo diário de excreção de MHPG, com picos diurnos e baixos noturnos. Esse padrão de excreção urinária de MHPG pode refletir um ritmo na função noradrenérgica central. As mudanças fisiológicas nos níveis de excreção de MHPG associadas ao ritmo circadiano foram pelo menos tão grandes quanto as alterações patológicas associadas à doença maníaco-depressiva. Comparado aos controles, o tempo ou a fase dos ritmos circadianos em cada variável foi de uma a três horas antes nos pacientes, deprimidos ou maníacos.<ref>Thomas A. Wehr, Giovanni Muscettola, Frederick K. Goodwin. [https://jamanetwork.com/journals/jamapsychiatry/article-abstract/492279 Urinary 3-Methoxy-4-Hydroxyphenylglycol Circadian Rhythm Early Timing (Phase-Advance) in Manic-Depressives Compared With Normal Subjects]. Arch Gen Psychiatry. 1980;37(3):257-263. doi:10.1001/archpsyc.1980.01780160027002</ref>
 
{{referências}}