Diferenças entre edições de "Dissonância cognitiva"

10 bytes adicionados ,  23h42min de 22 de junho de 2020
→‎Paradigmas: numeração
(→‎Paradigmas: numeração)
== Paradigmas ==
 
existem quatro paradigmas teóricos sobre a dissonância cognitiva, sobre o estresse mental sofrido por pessoas expostas á informações inconsistentes a crenças individuais, ideais ou valores: (1)A refutação da crença, (2)conformidade induzida, (3)livre escolha e (4)justificação de esforço, explicando respectivamente: O que acontece depois de uma pessoa agir de maneira inconsistente em relação ao seus ou suas perspectivas intelectuais anteriores; o que acontece depois que uma pessoa toma decisões; e quais são os efeitos sobre uma pessoa que gastou muito esforço para alcançar um objetivo. Comum a cada paradigma da dissonância cognitiva é o principio: Pessoas investem em uma determinada perspectiva quando são confrontadas para justificar a retenção de uma perspectiva desafiadora.<ref>{{citar livro|título="A Cognitive Dissonance Theory Perspective on Persuasion"|ultimo=Harmon-Jones|primeiro=Eddie|editora=Sage Publications|ano=2002|local=Thousand Oaks, California|página=101|páginas=}}</ref>
 
== Consequências avessas x inconsistências ==
26

edições