Diferenças entre edições de "Vladimir Nabokov"

m
sem resumo de edição
m
m
No momento da sua morte, ele estava trabalhando em um romance intitulado ''[[O Original de Laura]]''. Sua esposa Véra e filho Dmitri foram confiados como executores literários de Nabokov e, embora ele pediu-lhes para queimar o manuscrito,<ref>{{citar jornal|url=http://blogs.guardian.co.uk/books/2008/04/nabokov_original_of_laura.html|título=Nabokov's last work will not be burned|obra= The Guardian |local=UK |primeiro =Kate |último =Connolly|data=22 de abril de 2008|acessodata=17 de janeiro de 2016}}</ref> eles escolheram não destruir sua obra final. O manuscrito incompleto, cerca de 125 fichas manuscritas de comprimento,<ref>[http://www.npr.org/templates/story/story.php?storyId=90073521 Interview with Dmitri Nabokov] on NPR – 30 April 2008</ref> permaneceram em um cofre de banco suíço, onde apenas duas pessoas, Dmitri Nabokov e uma pessoa desconhecida, tiveram acesso. Partes do manuscrito foram mostrados para os estudiosos de Nabokov. Em abril de 2008, Dmitri anunciou que iria publicar o romance.<ref name="New York Times">{{citar jornal|url=http://www.nytimes.com/2008/04/28/books/28arts-SONPLANSTOPU_BRF.html |título=Son Plans to Publish Nabokov's Last Novel |último = Van Gelder |primeiro = Lawrence |obra= The New York Times |data = 28 de abril de 2008 |acessodata=17 de janeiro de 2016}}</ref>
 
Antes da publicação do romance incompleto, vários pequenos excertos de ''O Original de Laura'' foram tornados públicos: o semanário alemão ''[[Die Zeit]]'', reproduziu alguns dos cartões de índice originais de Nabokov obtidos pelo seu repórter Malte Herwig em sua edição de 14 agosto de 2008. No artigo que acompanha Herwig conclui que ''Laura'', embora fragmentário, é "vintage Nabokov".<ref>{{citar web|url=http://www.zeit.de/2008/34/Nabokov |título=Sein letztes Spiel |publicado=Die Zeit |data= 14 de agosto de 2008 |língua=German |acessodata=7 de janeiro de 2016}}</ref>
 
Em julho de 2009, a revista ''[[Playboy]]'' adquiriu os direitos para imprimir um trecho de 5000 palavras de ''O Original de Laura''. Ele foi impresso na edição de dezembro.<ref>{{citar web|url=http://www.mosnews.com/culture/2009/07/09/nabokov/ |título=Playboy gets exclusive rights to publish Nabokov's last work / |publicado=Mosnews.com |acessodata=17 de janeiro de 2016}}</ref> ''O Original de Laura'' foi publicado em 17 de Novembro de 2009.
4 097

edições