Diferenças entre edições de "Ativismo pedófilo"

8 bytes removidos ,  01h09min de 27 de novembro de 2020
m
Foram revertidas as edições de LUAN_GAMER_001 (usando Huggle) (3.4.10)
m (2 silabas)
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel Revertida
m (Foram revertidas as edições de LUAN_GAMER_001 (usando Huggle) (3.4.10))
Etiqueta: Reversão
{{Multitag|1=rev|2=corr|3=mnot|4=wkf|data=setembro de 2015}}
{{Pedofilia}}
'''Ativismo pedófilo''' é o conjunto de ações, escritos e declarações de aceitação social, ou simplesmente de apoio, à [[pedofilia]]. Esta tendência existe principalmente desde a chamada [[revolução sexual]], especialmente nos anos imediatamente após 1968, por causa de pessoas que se apresentam como pedófilos, mas também como simpatizantes. Grupos de pessoas e indivíduos, em seguida, passaram a tentar apresentar a pedofilia como uma atração sexual aceitável ou a desafiar as noções de consentimento sexual ou [[Abuso sexual de menor|abuso sexual de um menor]].
 
Esse movimento já chegou a alcançar um reconhecimento sustentável e significativo, principalmente na década de 1970, em alguns meios de comunicação e apoiantes políticos dem de âmbito limitado. Centrado em um debate acadêmico desmistificador, o movimento nasceu nos [[Países Baixos]] durante a década de 1950, através da atividade do psicólogo clínico [[Frits Bernard]] e do senador e jurista [[Edward Brongersma]], e logo deu lugar à criação de inúmeras associações em defesa da pedofilia em muitos países. Na década de 1970, no contexto da revolução sexual, o movimento experimentou um avanço transitório na [[Europa ocidental]], principalmente nos Países Baixos, mas começou a recuar a partir da década de 1980.
 
Epysp
 
'''Ativismo pedófilo''' o conjunto de ações, escritos e declarações de aceitação social, ou simplesmente de apoio, à [[pedofilia]]. Esta tendência existe principalmente desde a chamada [[revolução sexual]], especialmente nos anos imediatamente após 1968, por causa de pessoas que se apresentam como pedófilos, mas também como simpatizantes. Grupos de pessoas e indivíduos, em seguida, passaram a tentar apresentar a pedofilia como uma atração sexual aceitável ou a desafiar as noções de consentimento sexual ou [[Abuso sexual de menor|abuso sexual de um menor]].
 
Esse movimento já chegou a alcançar um reconhecimento sustentável e significativo, principalmente na década de 1970, em alguns meios de comunicação e apoiantes políticos dem âmbito limitado. Centrado em um debate acadêmico desmistificador, o movimento nasceu nos [[Países Baixos]] durante a década de 1950, através da atividade do psicólogo clínico [[Frits Bernard]] e do senador e jurista [[Edward Brongersma]], e logo deu lugar à criação de inúmeras associações em defesa da pedofilia em muitos países. Na década de 1970, no contexto da revolução sexual, o movimento experimentou um avanço transitório na [[Europa ocidental]], principalmente nos Países Baixos, mas começou a recuar a partir da década de 1980.
 
A opinião pública tem mostrado uma forte rejeição ao movimento pedófilo e o seu desenvolvimento social e político tem sido muito limitado. Atualmente, a maioria dos governos aderem aos protocolos das [[Nações Unidas]] para definir as leis sobre a idade de consentimento,<ref name="onnu">[http://www2.ohchr.org/english/law/convention.htm Convention on Consent to Marriage, Minimum Age for Marriage and Registration of Marriages] (em inglês). Escritório do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Direitos Humanos</ref> ainda que esta varie conforme países. A comunidade médica institucionalizada considera a pedofilia como um transtorno mental ou de conduta e discorda amplamente com as afirmações dos ativistas pedófilos sobre a possibilidade de relações sexuais não prejudiciais entre adultos e menores.<ref name="deyoung"/><ref name="dallam">Dallam, Stephanie. [http://www.leadershipcouncil.org/1/res/dallam/5.html "Science or Propaganda? An examination of Rind, Tromovitch & Bauserman"]. ''Journal of Child Sexual Abuse'', Vol. IX, n.º 3/4 (2002). pp. 109-134</ref>