Diferenças entre edições de "Operação Cólera de Deus"

sem resumo de edição
Etiquetas: Editor Visual Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
 
[[imagem:Golda Meir 03265u.jpg|180px|thumb|Golda Meir, importante primeira-ministra de [[Israel]] que autorizou a operação '''Cólera de Deus''']]
'''Operação Cólera de Deus''' ou '''Ira de Deus''' ({{lang-he|מבצע זעם האל}} ''Mivtza Za'am Ha'el'') foi o codinome de uma [[operação militar]] de [[espionagem]] atribuída ao [[serviço de inteligência]] israelita, o [[Mossad]], cujo objetivo era eliminar todos os responsáveis do [[Massacre de Munique]], ocorrido durante os [[Jogos Olímpicos de Verão de 1972]].
 
Os alvos da operação incluíam membros do grupo [[terrorista]] [[Palestinos|palestiniano]] [[Setembro Negro (grupo)|Setembro Negro]], responsável pelo ataque de Munique, e membros da [[Organização de Libertação da Palestina|Organização para a Libertação da Palestina]] (OLP), também acusada de estar envolvida. Com o aval da primeira-ministra israelita [[Golda Meir]], a operação começou no outono de 1972 e pode ter continuado por mais de 20 anos. Durante esse tempo, unidades secretas de assassinos israelitas mataram dezenas de conspiradores suspeitos em toda a Europa, incluindo o assassinato acidental de um garçom em [[Lillehammer]], na [[Noruega]], que ficou conhecido como o [[caso Lillehammer]].