Diferenças entre edições de "Evolução da bandeira de Portugal"

m
sem resumo de edição
(+referencia, -texto duplicado)
m
 
== [[1385]] a [[1485]] ==
[[Ficheiro:PM 097481 E Pastrana.jpg|miniatura|O estandarte português e de São Jorge ilustrados na [[tapeçarias de Pastrana]], do final do século XV.]]
Com a subida ao trono do Mestre de [[Ordem de Avis|Avis]],<ref name=flaghist/> [[João I de Portugal|D. João]], produziu-se nova quebra na continuidade dinástica, já que não era filho legítimo de [[Pedro I de Portugal|D. Pedro I]]; assim sendo, para se distinguir do predecessor (o seu meio irmão [[Fernando I de Portugal|D. Fernando I]]), adicionou às armas nacionais a [[flor-de-lis]] verde que constituía o símbolo da [[Ordem de Avis]], ficando cada uma das quatro pontas visível sobre a bordadura dos castelos.
 
É a primeira bandeira cuja historicidade está comprovada — todas as anteriores são reconstruções. Nomeadamente, esta bandeira aparece representada em obras da época, incluindo nas ilustrações das ''[[Crônicas de Froissart|Crónicas]]'' de [[Jean Froissart]] e das ''[[Crónicas de Inglaterra]]'' de Jean de Wavrin, bem como nas [[Tapeçarias de Pastrana]].
 
É também nesta época que surgem as primeiras referências ao uso do termo ''quina'' para designar os escudetes das armas nacionais.<ref>Esta bandeira esteve na origem da bandeira da organização de juventude [[António de Oliveira Salazar|salazarista]]: a [[Mocidade Portuguesa]]</ref>
Imagem:PortugueseFlag1385.svg|[[Imagem:FIAV historical.png]] 1:1 [[Imagem:FIAV 111111.svg|20px]]? (1385)
Imagem:Bandeira de S. Jorge.svg|[[Imagem:FIAV historical.png]] 1:1 [[Imagem:FIAV 111111.svg|20px]]? Bandeira de S. Jorge.
Imagem:PortugueseFlag1475.png|[[Imagem:FIAV historical.png]] 1:1 [[Imagem:FIAV 111111.svg|20px]]? (1475-1479)
</gallery>
 
42 431

edições