Liège: diferenças entre revisões

Sem alteração do tamanho ,  19h33min de 22 de agosto de 2021
Desfeita a edição 61819171 de Cadnero
m
(Desfeita a edição 61819171 de Cadnero)
Etiqueta: Desfazer
|data desemprego= 1 de janeiro de 2006
|data censo= 1 de janeiro de 2012
|população= 197 .532
|homens = 48,83%
|mulheres= 51,17%
|densidade= 2 .701,14
|renda per capita= 10 .350 [[euro]]s/hab. (2003)
}}
'''Liège''' ou '''Lieja''' (em [[língua francesa|francês]]'' Liège'' {{IPA-fr|ljɛːʒ}}; em [[língua valona|valão]] ''Lîdje'') é uma das principais cidades e um [[município]] da [[Bélgica]] localizado no ''[[arrondissement]]'' de Liège, [[província]] de [[Liège (província)|Liège]], na [[subdivisões da Bélgica|região]] da [[Valônia]]. Historicamente, a cidade já teve muitos nomes.<ref>{{citar livro |autor="Liège" | ano=1991 | título=''Encyclopædia Britannica: Micropædia'', Vol. 7, pp. 334 | cidade=Chicago}}</ref> É a terceira maior cidade da [[Bélgica]], sendo a primeira da [[Valônia]]. Liège possui aproximadamente 198 .000 habitantes (gentílico: ''Liégeois'') na região urbana e 600 .000 na [[região metropolitana]] (2006). A superfície do município é de 6939 [[hectare]]s e altitude varia de 58 a 238 metros.
 
Seus primeiros registros escritos datam da época do [[Império Romano]]. Durante toda Idade Média, a cidade foi transformada em centro intelectual e eclesiástico pelos príncipes-bispos da Igreja Católica, gozando de grande independência. Muitas muralhas e fortificações foram construídas durante os séculos, e durante a [[Renascimento|Renascença]] a cidade foi palco de [[Guerras de Liège|três grandes revoltas]] sufocadas contra o [[Ducado da Borgonha]]. Posteriormente passou sob o domínio dos Habsburgos e o domínio espanhol no século XVI. Liège foi capturada durante a [[Guerra da Sucessão Espanhola]] e as [[guerras revolucionárias francesas]], sendo feita parte do [[Reino Unido dos Países Baixos]] no [[Congresso de Viena]] de 1815. Foi durante um breve momento do século XIX a cidade-estado independente do [[Principado-Bispado de Liège]], até a [[Revolução Belga]] de 1830. Desenvolveu-se rapidamente, tornando-se um dos principais pólos siderúrgicos da Europa. Suas fortificações foram extremamente importantes contra o avanço [[Império Alemão|alemão]] durante a [[Primeira Guerra Mundial]].
 
=== Século XX ===
Liège é defendida por um círculo de fortificações, que foram extremamente importantes durante a Primeira Guerra Mundial. Essas fortificações atrasaram o avanço alemão por vários dias. Liège foi a primeira cidade estrangeira a receber a grã-cruz da [[Ordem Nacional da Legião de Honra]] depois de ter resistido contra os ataques incessantes dos alemães. O exército belga junto aos ''Liégeois'' resistiram heroicamente de 4 a 16 de agosto de 1914, somente capitulando após os alemães mandarem um reforço de 100 .000 homens e numerosos obuseiros e canhões. O plano inicial do Estado-Maior alemão era de atravessar a Bélgica, que era neutra, em poucos dias. Ao invés disso, três semanas foram necessárias. Essa resistência permitiu que os Aliados se organizassem antes da chegada dos invasores. Muitos ''Liégeois'' como Belgas de maneira geral e Franceses do norte sofreram da crueldade dos Alemães, que cometeram muitas atrocidades contra os civis durante a passagem do exército, principalmente como represália às emboscadas de franco-atiradores. As chamadas "atrocidades alemãs" foram também represália pela recusa dos Belgas de dar livre passagem para que o exército alemão atacasse a [[França]].
 
== Mobilidade ==
A população de Liège é entusiasta torcedora de futebol, com o time principal do [[Standard de Liège]] a pesar de existir um outro time de renome, o FC Liége. A torcida do Standard é tida famosa por seu fervor quando apoia o time no[[stade Maurice Dufrasne| estádio Maurice Dufrasne]], cantando e mantendo uma atmosfera calorosa mesmo quando o Standard perde. O estádio é chamado de "inferno de Sclessin" devido à vibração da torcida.
 
O ponto de partida da edição de 2012 do [[Tour de France]] foi no ''Parque d'Avroy'' em 1 de julho como já tinha sido o caso em 2004. O prólogo ocorreu no centro da cidade. Juntou quase 300 .000 pessoas nas ruas de Liège.<ref>{{citar web | url=http://www.rtl.be/info/votreregion/liege/889817/tour-de-france-entre-250-000-et-300-000-spectateurs-a-liege | autor=[[RTL-TVI]] | língua=francês | título=''Entre 250.000 et 350.000 spectateurs à Liege'' | acessadoem=4 de julho de 2012}}</ref>
É também o ponto de partida da lendária corrida ciclista também conhecida como a ''Doyenne'', o [[Liège-Bastogne-Liège]].
 
6 455

edições