Diferenças entre edições de "Álvaro Pires de Castro"

1 895 bytes adicionados ,  11h58min de 24 de novembro de 2021
sem resumo de edição
Etiqueta: Inserção de predefinição obsoleta
Etiqueta: Hiperligações de desambiguação
{{Ver desambiguação|Álvaro de Castro}}
{{Sem-fontes|data=março de 2014}}
{{Info/Biografia/Wikidata}}
 
'''D. Álvaro Pires de Castro''' ([[Grijó]]<ref>{{Citar livro|sobrenome = Sotto Mayor Pizarro|nome=José Augusto| local = Porto|título = Os Patronos do Mosteiro de Grijó |página = 235 |ano = 1987|isbn = 978-0883-1886-37 |url =http://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/19422 |ref=harv}}</ref>, [[1310]] — [[1 de Junho]] de [[1384]]), [[rico-homem]]<ref>[http://roglo.eu/roglo?lang=pt;i=1495299 D. Álvaro Pires de Castro, por Manuel Abranches de Soveral, Roglo, consulta em 24/11/2021]</ref>, era irmão de D. [[Inês de Castro]], filhos de [[Pedro Fernandes de Castro]] ''O da Guerra''. As suas ambições pessoais e as da família terão sido causa da morte da irmã. Uma das razões que terá levado D. Inês à [[morte]] foi o facto dos irmãos serem acusados de conspiradores contra o rei e aspirando ver no trono os seus sobrinhos, receios estes que se provaram infundados depois da sua morte.
 
Depois de ter abandonado Castela, com seu meio-irmão, para apoiar o rei D. [[Fernando I de Portugal]] contra [[Henrique de Trastâmara]], D. Álvaro teve grande prestígio no reino, sendo senhordistinguido com o [[senhorio]] de várias terras, e [[títulos nobiliárquicos]], sucessivamente, 1º '''[[conde de Viana (da Foz do Lima)]]''' ([[1371]]), e 1º '''[[conde de Arraiolos]]''', título(1372)<ref>[http://roglo.eu/roglo?lang=pt;i=1495308 queEste lheúltimo foisido conservado até à sua morte e depois ainda passou para o seu filho D. [[Pedro de Castro|Pedro]], mas como ele seguiu o partido de Castela contra [[D. João I]] este passou para [[Fernão Álvares Pereira]], irmão de [[Nuno Álvares Pereira| - D. Nuno]Pedro de Castro, por Manuel Abranches de Soveral, Roglo, consulta em 24/11/2021].</ref>.
 
Terá sido igualmente [[conde de Caminha]] e [[conde de Aldeia Galega]]<ref>[http://roglo.eu/roglo?lang=pt;i=1495299 D. Álvaro Pires de Castro, por Manuel Abranches de Soveral, Roglo, consulta em 24/11/2021]</ref>.
Nomeado, em [[1382]], 1º [[Condestável de Portugal]], titulo criado por [[Fernando I de Portugal]], o Formoso.
 
Nessa altura D. Fernando doou-lhe Silves e o seu castelo (4.3.1367)<ref>[http://roglo.eu/roglo?lang=pt;i=1495299 D. Álvaro Pires de Castro, por Manuel Abranches de Soveral, Roglo, consulta em 24/11/2021]</ref>.
 
Foi o 1º [[Condestável de Portugal]]<ref>{{Citar livro|sobrenome = Sotto Mayor Pizarro|nome=José Augusto| local = Porto|título = Os Patronos do Mosteiro de Grijó |página = 235 |ano = 1987|isbn = 978-0883-1886-37 |url =http://repositorio-aberto.up.pt/handle/10216/19422 |ref=harv}}</ref>, criado em [[1382]] pelo referido rei português.
 
Jaz no [[Convento de São Domingos de Lisboa]], no arco da capela de Nossa Senhora das Virtudes, em sepultura do chão, com um letreiro que diz «''Aqui jaz D. Álvaro Pires de Castro 1º Conde Estaval de Portugal, e a Condeça D. Maria Ponce sua molher''»<ref>[http://roglo.eu/roglo?lang=pt;i=1495299 D. Álvaro Pires de Castro, por Manuel Abranches de Soveral, Roglo, consulta em 24/11/2021]</ref>.
 
{{Referências}}
 
{{Portal3|Biografias|História|Galiza|Portugal}}
{{controlo de autoria}}
 
[[Categoria:Senhores do Reino de Portugal]]
[[Categoria:Ricos-homens do Reino de Portugal]]
[[Categoria:Condes de Arraiolos]]
[[Categoria:Condes de Viana da Foz de Lima]]
[[Categoria:Condestáveis de Portugal]]
[[Categoria:Nobres da Galiza]]
[[Categoria:Nobres da Galiza]]