Bahia (monitor): diferenças entre revisões

1 byte removido ,  15h34min de 29 de novembro de 2021
m
A [[artilharia]] compreendia uma torre de aço giratória com dois canhões Withworth de [[alma raiada]] de calibre 150. Possuía dois [[Escaler|escaleres]] acoplados no casco em ambos às laterais. O ''Bahia'' tinha um cinturão de [[Linha de água|linha d' água]] de ferro forjado que variava em espessura de 4,5 [[Polegada|polegadas]] (114 mm) a meia-nau a 3 polegadas (76 mm) nas extremidades do navio. A torre do canhão era protegida por 5,5 polegadas (140 mm) de blindagem. O cinturão e a armadura de casamata eram reforçados por 230 milímetros de madeira. Sua tripulação somava 120 [[Praça (militar)|praças]] e oficiais.{{sfn|Marinha do Brasil}}{{sfn|Silverstone|1984|p=33}}
 
A construção de navios semelhantes ao ''Bahia'' era uma novidade na segunda metade do [[século XIX]], período em que houve diversos experimentos. Por isso, não havia um padrão em suas construções, o que se traduzia no surgimento de embarcações que tinham tanto pontos de qualidade quanto de defeito. O ''Bahia'' era considerado um monitor perfeitamente protegido, mas com sofrível desempenho no oceano. No rio, sua suas capacidades de manobra eram melhores, até mais eficientes que a maioria dos encouraçados adquiridos nesse período, porém não escapou de críticas negativas.{{Sfn|Martini|2014|p=129}}
 
== Serviço ==
18 283

edições