Diferenças entre edições de "F3 (submarino)"

13 bytes adicionados ,  21h08min de 3 de dezembro de 2021
m
sem resumo de edição
(nova página: {{Info/Navio |nome = ''F3'' |carreira = {{BRA}} |imagem = |legenda = <!-- Dados gerais --> |proprietário = |operador = Marinha do Brasil |fabricante = Fiat-San Giorgio |homônimo = |batimento = 1 de junho de 1912 |lançamento = 11 de junho de 1913 |comissionamento = 14 de julho de 1914 |descomissionamento = 18 de novembro de 1933 |estado = Descomissionado |fatalidade = <!-- Característica...)
 
m
<!-- Características gerais -->
|tipo = [[Submarino]]
|classe = [[Classe FFoca (1913)|''FFoca'']]
|deslocamento = {{converter|370|t|kg|o=l}}
|comprimento = {{converter|45.15|m|ft|o=l}}
 
== História ==
Os submarinos da classe ''F'' foram idealizados pelo projetista italiano [[CesariCesare Laurenti]]. Foram construídos um total de três submersíveis, ''F3'', ''[[F1 (submarino)|F1]]'' e ''[[F5 (submarino)|F5]]'', ambos nos estaleiros [[Fiat-San Giorgio]], em [[La Spezia]], [[Itália]]. Os submarinos começaram a serem entregues em 1913. O ''F3'' teve a [[Batimento de quilha|quilha batida]] em 1 de junho de 1912 e [[Botadura|lançado ao mar]] em 9 de novembro de 1913, com o submarino sendo recebido pelo Brasil em 16 de março de 1914. O submersível foi incorporado à Marinha do Brasil em 17 de julho. A função do submersível brasileiro nos seus 19 anos de atividade foi no treinamento dos tripulantes e na manutenção desse meio naval. Em 3 de setembro de 1923, socorreu o hidroavião PLS N.º 02 no Canal de São Sebastião. No ano seguinte, em 11 de novembro, realizou incursões contra o encouraçado ''[[São Paulo (couraçado)|São Paulo]]'', cuja tripulação havia se revoltado. Sua baixa foi registrada em 18 de novembro de 1933.<ref name=":0" />
{{Referências}}
{{Portal3|náutica|Brasil}}
17 486

edições